Doses foram descarregadas e escoltadas pelas autoridades (Foto: UPS/ALF TV VCP)
Doses foram descarregadas e escoltadas pelas autoridades (Foto: UPS/ALF TV VCP)

O Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, recebeu na noite desta quinta-feira (23) dois voos com um total de 2.065.050 doses da vacina ComiRNAty, contra a covid-19, produzida pela Pfizer em parceria com a BioNTech.

A primeira aeronave chegou às 18h40 com 924.300 imunizantes. A segunda aterrissou por volta de 20h20 com 1.140.750 vacinas. As remessas chegaram de Miami, nos Estados Unidos, local de onde saíram todas as outras cargas da farmacêutica.

Com os novos lotes entregues, mais da metade do cronograma de oito voos divulgado e iniciado nesta terça-feira (21) foi cumprido. Ao todo, devem desembarcar no aeroporto de Campinas, 8.464.950 doses em seis dias. Somente no sábado (25) não haverá entrega.

Com os novos lotes, de acordo com a Pfizer, a previsão é que mais de 89 milhões de doses terão sido entregues ao Governo Brasileiro até 26 de setembro.

PRÓXIMAS ENTREGAS

24 de setembro: 924.300 doses
26 de setembro: 1.140.750 doses
26 de setembro: 1.140.750 doses

200 MILHÕES

A previsão é que a Pfizer envie 200 milhões de doses do imunizante ao país até o final de 2021, por meio de dois contratos de fornecimento da vacina.

O primeiro, fechado em com o Ministério da Saúde em 19 de março, prevê a entregue de 100 milhões até o final de setembro. Deste acordo, 78,4 milhões de vacinas já foram recebidas pelas autoridades brasileiras até o dia 19 de setembro.

Já o segundo, assinado em 14 de maio, prevê a entrega de mais 100 milhões de doses entre outubro e dezembro. A farmacêutica promete que vai cumprir o planejamento.

"

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários