Youtuber de Campinas faz receitas que aparecem em livros de Jorge Amado
Reprodução: ACidade ON
Youtuber de Campinas faz receitas que aparecem em livros de Jorge Amado

Já pensou em reproduzir as receitas que fazem parte da sua obra literária favorita? Pois o chef Marcelo Chaggas, que mora em Campinas, aceitou o desafio e resolveu compartilhar o resultado em seu canal no Youtube. Nos vídeos, ele faz receitas que aparecem nos livros do escritor Jorge Amado ou que o citam. 

"Não escolhi as receitas, apenas reproduzi os pratos dos livros, passo a passo. Sem tirar ou acrescentar ingredientes, errando e acertando e demonstrando ao leitor que é possível ", disse Marcelo. 

São cerca de 50 episódios, que serão divulgados uma vez por semana, sempre às quartas-feiras. Nos vídeos, Marcelo lê um trecho da obra escolhida e reproduz a receita na íntegra, conforme a publicação. 

Nos livros em que há os pratos, mas não o passo a passo das receitas, Chaggas usa seu conhecimento como pesquisador gastronômico para reproduzi-los, levando em consideração a praticidade para que o público possa também fazer em casa. 

SELEÇÃO DAS OBRAS

No primeiro episódio, o livro escolhido é "A Comida Baiana de Jorge Amado", de Paloma Jorge Amado. Nele, a filha do escritor baiano une todos os pratos mencionados nas obras de seu pai. 

No vídeo, o chef fez uma coletânea dos principais ingredientes presentes em quase todas as receitas baianas: o leite de coco, a cebola e o coentro. 

Além de Jorge Amado, Cora Coralina e Raquel de Queiroz serão outras autoras abordadas na websérie. Segundo Marcelo, o critério para seleção das obras foram exemplares que possibilitem a conversa entre literatura e gastronomia. 

Leia Também

Leia Também

"Gastronomia e literatura sempre estiveram unidas. A comida une as pessoas e os personagens. Sempre que leio um livro em que um personagem degusta ou comenta sobre uma comida, chego a salivar e tenho vontade de reproduzir", revelou o chef.  

Acarajé é o prato de segundo episódio sobre o livro "Dona Flor e seus Dois Maridos" (Foto: Divulgação)

INSPIRAÇÃO 

A inspiração para o projeto veio do filme "Julie e Julia" de 2009. Na produção, uma blogueira reproduz as receitas de uma famosa cozinheira americana e compartilha os detalhes em sua página na internet. 

Além de pesquisador gastronômico e professor de gastronomia, Marcelo é apaixonado por literatura. Ele, então, resolveu unir as duas paixões. Até o nome do canal no Youtube, "Famintos", foi inspirado em um poema: "Banquete Lírico", de Sérgio Vaz. 

"Como professor, percebi que meus alunos pouco praticavam a leitura. Por isso, queria incentivar a lerem mais. O melhor caminho que encontrei foi através das redes sociais", disse ele. 


O canal "Famintos" existe desde maio de 2020, mas foi apenas neste ano que o chef conseguiu iniciar a websérie dedicada as obras literárias, após criar um estúdio cozinha para a produção dos vídeos. O primeiro deles foi lançado na quarta-feira (13).

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários