Vídeo: homem xinga motorista de 'macaco' em briga de trânsito em Campinas
Reprodução: ACidade ON
Vídeo: homem xinga motorista de 'macaco' em briga de trânsito em Campinas

Um homem negro de 54 anos foi vítima de racismo durante uma briga de trânsito na tarde de ontem (24) em Campinas .  Eduardo Lopes foi ofendido por outro homem, que chegou a jogar o carro para cima dele, em tentativa de atropelamento.  A vítima relata que foi xingada de "macaco".

O caso aconteceu durante à tarde na Avenida José Pancetti, próximo ao shopping Unimart, e foi filmado por pessoas que acompanharam a discussão (veja vídeo abaixo).

A vítima, que é motorista de aplicativo, conta que ia buscar um passageiro, quando um homem que estava no carro atrás começou a mostrar impaciência e tentar fazer ultrapassagens. Os dois seguiram emparelhados por um tempo, quando o homem passou a fazer ofensas verbais, chamando o motorista de aplicativo de "macaco". 

O motorista ofendido parou e desceu do carro para conversar, quando o agressor avançou, jogando o veículo da direção dele. Nas imagens, é possível ver que a vítima precisou pular para não ser atingida. O retrovisor do carro foi arrancado com a batida, e o homem fugiu em seguida.  

VEJA O VÍDEO:


Leia Também

Leia Também

Leia Também

Leia Também

Uma passageira que estava em outro carro filmou toda a ação e disponibilizou as imagens para o motorista de aplicativo. A vítima da agressão, Eduardo Lopes, conta como foi a ação.

"Ele vinha logo atrás e eu só vi quando ele businou. Ele parou do meu lado começamos a discutir, quando ouvi ele me ofendendo, me chamando de macaco, ai eu fui atrás para questionar e tentar conversar. No que eu desci o homem jogou o carro pra cima de mim. Graças a deus consegui pular, porque talvez nem estaria mais aqui", relatou em entrevista ao canal EPTV.

"É um sentimento muito dificil, a gente trabalha como todo mundo, vive como todo mundo , não ter porquê e não entendemos discriminação assim", disse ele sobre a agressão verbal.


Um boletim de ocorrência foi registrado, e o agressor foi identificado como um homem de 76 anos, que já tem outros três boletins registrados em discussões no trânsito.  

A vítima prestou depoimento e fará exame de corpo de delito por causa de um ferimento que sofreu na perna. O caso é investigado pela Polícia Civil. "

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários