professor William Reis de Araújo e os pesquisadores Lucas Felipe de Lima e André Lopes Ferreira viajaram aos EUA para desenvolver parte dos teste.
Pedro Amatuzzi/Inova Unicamp
professor William Reis de Araújo e os pesquisadores Lucas Felipe de Lima e André Lopes Ferreira viajaram aos EUA para desenvolver parte dos teste.


Leia Também

Para facilitar o diagnóstico da covid-19 sem a necessidade de enfrentar filas em postos de saúde e laboratórios, pesquisadores da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) desenvolveram um teste que identifica o vírus da doença na saliva ou na mucosa do nariz.

O teste desenvolvido no IQ (Instituto de Química) da instituição usa uma solução de nanopartículas de ouro e um cotonete já preparado para reagir e mudar de cor depois de ser introduzida na superfície do corpo humano.

"Conforme as nanopartículas vão se aglomerando, o teste fica com a coloração azulada, o que indica resultado positivo. Se não tem o vírus, não terá cor", detalha o pesquisador do Laboratório de Sensores Químicos Portáteis da Unicamp e coordenador do projeto, William Reis de Araújo.



Feito em parceria com pesquisadores da Pensilvânia, nos Estados Unidos, o estudo promete uma técnica capaz de trazer um diagnóstico mais rápido que os testes encontrados atualmente.

Além disso, também não requer que as pessoas tenham sintomas da doença por vários dias, o que reduz a chances dos falsos negativos e diferencia o procedimento do PCR, usado de forma massiva no Brasil.

"O PCR é tido como método oficial e detecta a presença do material genético do vírus. No nosso método, o que a gente detecta é a partícula viral", explica o coordenador da pesquisa.

Por enquanto, os testes foram feitos com material colhido com a mesma técnica do PCR, que é bastante incômoda e que, se não for feita da forma correta, pode comprometer o resultado.

Com isso, a próxima etapa da pesquisa é adaptar os cotonetes simples que podem ser comprados em qualquer lugar para colher as amostras. Desta forma, qualquer um vai poder aplicar o teste em si mesmo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários