Momento do atropelamento no Taquaral.
Reprodução
Momento do atropelamento no Taquaral.


A Polícia Civil de Campinas identificou nesta segunda-feira (22) um dos motoristas suspeitos de envolvimento em uma briga entre motoboys e outro veículo que ocorreu no Taquaral, em Campinas, ontem (21).  

Leia Também

O caso deixou um entregador em estado grave. Vídeos feitos por testemunhas mostram a briga e o momento do atropelamento (veja vídeo abaixo).

De acordo com o delegado responsável pelo caso, José Carlos Fernandes, o motorista identificado foi o que estaria dirigindo o veículo Pajero branco. "Nós já identificamos o proprietário e motorista que estava com a Pajero. E, agora, estamos na tentativa de identificar quem é o autor da segunda tentativa de homicídio, o motorista de uma caminhonete Hillux", disse.

A confusão começou no semáforo da Avenida Almeida Garret, esquina com a rua Fernão Lopes, no Jardim Nossa Senhora Auxiliadora, em Campinas, com uma discussão.

INÍCIO DA CONFUSÃO

Nas imagens gravadas por uma testemunha, é possível ver o motorista de um Pajero branca discutindo com um entregador. O motoboy chega a atingir o homem com o capacete.

O motoboy vai embora, mas começa uma perseguição. O motorista da Pajero segue o entregador e, depois, joga o carro em cima dele.

O motorista ainda acelera diversas vezes na tentativa de atingir o motoboy. Na sequência, o motorista desce do carro e os dois entram em luta corporal. 



PERSEGUIÇÃO CONTINUA

Um outro motoboy que passava pelo local seguiu o motorista da Pajero até a casa dele.

"Quando cheguei na porta da casa dele, eu falei: 'Irmão, você vai deixar o pai de família estendido lá no chão? O que aconteceu? Aí ele entrou no carro dele, deu ré e 'tacou' o carro em cima de mim'", contou Wagner Sperancini.

Este segundo motoboy conta que também foi perseguido pelo motorista. "Eu pulei canteiro, me escondi atrás de árvore. Ele tentou me matar umas cinco, seis vezes", disse.

O motoboy conta que em um momento conseguiu fugir do motorista e parou na calçada de uma churrascaria, onde apareceram mais dois motoboys. A perseguição, então, continuou.

MAIS UM VEÍCULO

Segundo os entregadores, neste momento, mais um veículo apareceu para tentar atropelar os motociclistas. "Do nada, 'saiu' uma Hillux e jogou o carro em cima da gente. Ele colidiu em carro parado, bateu em árvore e em muro", disse o motoboy.

ATROPELAMENTO


O desfecho do caso foi quando a caminhonete atingiu um dos motoboy, deixando-o gravemente ferido. De acordo com relato de testemunhas, ele não tinha envolvimento com a briga e estava parado aguardando por uma entrega.

O motorista o atropelou e foi embora. Em outro vídeo, gravado pelo motoboy que conseguiu escapar, a vítima de 36 anos parece caída. Ele foi socorrido pelo Resgate, do Corpo de Bombeiros, com diversas fraturas.

Entre elas, fraturas nas pernas e no ombro. Depois, ele foi encaminhado ao HC (Hospital de Clínicas) da Unicamp.



OUTROS CARROS

Além do motoboys, duas mulheres, de 36 e 66 anos, tiveram seus automóveis danificados. O caso foi registrado como tentativa de homicídio e dano pelo plantão do 4º Distrito Policial de Campinas, que solicitou perícia aos institutos Médico Legal (IML) e de Criminalística (IC). (Com informações da EPTV Campinas)

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários