Momento do atropelamento no Taquaral (Foto: Reprodução)
Momento do atropelamento no Taquaral (Foto: Reprodução)

A Hilux que atropelou por engano um motoboy durante uma briga no último domingo (21) em Campinas está registrada no nome do filho do motorista do Pajero que também se envolveu na confusão e é considerado foragido.

Leia Também

A informação é do delegado do 4º DP (Distrito Policial), Antonio Toshio Nishida, responsável pelo caso. Segundo ele, o dono da Hilux é procurado para depor e explicar se estava na condução do veículo durante o atropelamento.

Já o condutor do Pajero teve prisão temporária aceita pela Justiça na segunda (22). Como ainda não foi localizado, é considerado foragido
. À EPTV Campinas, ele deu sua versão sobre o caso e negou ter a intenção de matar os motoboys .

Além de procurar os dois homens apontados como motoristas dos carros, a Polícia Civil ouviu dois motoboys entre domingo e terça (23). Também foram ouvidas nesta quarta as testemunhas que presenciaram a briga de trânsito.

O motoboy Rafael Sampaio Ferraz, de 36 anos, atropelado por engano, segue internado no HC (Hospital de Clínicas) da Unicamp, onde deve passar por cirurgias nos braços, na perna e no joelho. Ele deve ser ouvido nesta quinta (25).

A SSP (Secretaria de Segurança Pública) do estado informou em nota que são apurados os crimes de homicídio doloso tentado, periclitação de vida e danos.

O CASO

O motorista foragido estava em um Pajero branco. Ele aparece nas imagens gravadas por uma testemunha discutindo com um entregador no semáforo do cruzamento da Avenida Almeida Garret com a Rua Fernão Lopes, no Taquaral.

O motoboy agride o homem com o capacete e sai do local, mas é perseguido. O motorista da Pajero segue o entregador e, depois, joga o carro em cima dele. O condutor ainda acelera diversas vezes na tentativa de atingir o motoboy.



Na sequência, desce do carro e os dois entram em luta corporal. Um outro motoboy que passava pelo local seguiu o motorista da Pajero até a casa dele e alega que quase foi atingido pelo condutor pelo menos cincos vezes.

Enquanto a perseguição e as agressões acontecem, uma Hilux aparece nas imagens perseguindo outros motociclistas e atingindo por engano o motociclista Rafael Ferraz. A caminhonete atinge o homem e foge em alta velocidade.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários