Vacinação em Campinas.
Eduardo Lopes/PMC
Vacinação em Campinas.


Leia Também

A secretaria de Saúde de Campinas divulgou neste domingo (28) os números finais das ações do programa "Campinas Vacina Mais", realizadas no sábado (27). Foram 2.168 doses aplicadas até o final do dia.

As aplicações começaram na sexta (26) e seguiram durante este domingo. O balanço completo do fim de semana, porém, será divulgado pela pasta municipal nesta segunda-feira (29).


Pessoas de todas as idades puderam se vacinar, sem precisar fazer agendamento. O objetivo é aumentar a cobertura vacinal, principalmente entre os adolescentes e os adultos dos 18 aos 24 anos.

Novas edições do programa devem acontecer nos próximos dias. São aplicadas as primeiras, segundas doses e vacinas adicionais, a partir dos intervalos definidos pelo PEI (Programa Estadual de Imunização).

INTERVALO

Vacina da Pfizer para receber a segunda dose da Pfizer é preciso um intervalo de pelo menos 21 dias (três semanas) para pessoas a partir de 18 anos. No caso de adolescentes, o intervalo é a partir de oito semanas.

Vacina Astrazeneca o intervalo entre as doses da vacina da Astrazeneca é de, no mínimo, oito semanas.

Vacina CoronaVac o intervalo entre as doses da vacina CoronaVac é de quatro semanas.



Dose adicional Pessoas a partir de 18 anos precisam ter completado o esquema vacinal há pelo menos cinco meses. Pessoas com alto grau de imunossupressão podem receber a dose adicional a partir de 28 dias da segunda dose.

AGENDAMENTO

Independentemente do "Campinas Vacina Mais", o agendamento para receber as vacinas contra a covid-19 continua aberto. A escolha do dia, horário e local pode ser feita no site vacina.campinas.sp.gov.br .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários