Campinas abre matrículas em creches e preenche 2,6 mil vagas em um dia.
Reprodução
Campinas abre matrículas em creches e preenche 2,6 mil vagas em um dia.


Leia Também

A secretaria de Educação de Campinas informou que vai oferecer 7,5 mil novas vagas para crianças de 0 a 3 anos em 2022. No primeiro dia de matrícula, nesta terça (30), 2.639 vagas foram preenchidas. A lista com o nome dos contemplados foi divulgada na última segunda (29) e o processo segue aberto.

Atualmente, segundo a pasta, o déficit da Educação Infantil na faixa etária de 0 a 3 anos é de 3,9 mil crianças. "Como as matrículas continuam em processamento pelos próximos dias, o déficit deve sofrer alteração", diz a pasta.

Ao todo, 7.572 crianças de 0 a 5 anos foram cadastradas pelas famílias na plataforma do município até o dia 22 outubro, um aumento de 28,25% em relação a 2020, o cadastro, no entanto, era necessário para mostrar interesse na vaga, ainda não garantindo a matrícula. Do total de interessados, 5.727 eram crianças de 0 a 3 anos.

Em entrevista ao acidade on Campinas naquele mês, o secretário de Educação, José Tadeu Jorge, afirmou que o aumento é reflexo da volta do funcionamento presencial das escolas e do momento epidemiológico do município, que acumula meses seguidos de diminuição nas confirmações de casos e mortes de covid-19.

"É uma situação muito diferente do ano anterior, quando não tinha escola funcionando, e isso fez diminuir a demanda. Agora, estamos indo para a ampliação. Seguramente, no ano que vem a expectativa é que seja normal. Por isso o interesse das famílias cresceu", analisou o responsável pela pasta.

DISTRIBUIÇÃO

A distribuição das vagas é feita conforme a disponibilidade e a classificação dos alunos. Além disso, também segue os critérios de participação no Programa Bolsa Família e leva em consideração a situação de vulnerabilidade da família.

Por lei, as crianças que completarem 4 anos até março de 2022 são obrigadas a cursar a pré-escola. Para quem já está na rede, a rematrícula é automática. As vagas também abrangem transferidas de outros estados e da rede particular.

A Prefeitura diz ter vagas suficientes para todos. Mas na prática, nem todas estarão disponíveis nos locais desejados pelos pais, já que a manifestação de interesse envolve a escolha por uma das unidades escolares . Por esse motivo, mesmo sendo obrigatória para a matrícula, a inscrição não garante vaga.



PLANO DE TRABALHO

Para resolver o déficit de vagas, um plano de trabalho para a ampliação da oferta em creches foi apresentado pelo secretário durante a segunda reunião de Escuta Social da Educação Infantil, na Câmara Municipal, no último dia 19.

A pretensão, segundo ele, é disponibilizar 6,6 mil novas vagas, começando em 2022. A construção de escolas e a ampliação de 18 unidades que já estão em funcionamento foram as principais frentes apresentadas no encontro.

"Há uma necessidade de gerar vagas, em números consideráveis, para dar conta desse passivo. Vamos fazer o que resolve o problema", disse José Tadeu Jorge.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários