Vereadores se reúnem durante sessão da Câmara (Foto: Divulgação/Câmara Municipal de Campinas)
Vereadores se reúnem durante sessão da Câmara (Foto: Divulgação/Câmara Municipal de Campinas)

A Câmara de Campinas aprovou de forma unânime com 29 votos nesta quarta (1º) o PL (Projeto de Lei) elaborado pelo Executivo que solicita um empréstimo de R$ 200 milhões ao Banco do Brasil para obras em ruas e hospitais. Entre elas, reformas pontuais nas unidades municipais Mário Gatti e Ouro Verde.

Também recebeu o aval da maioria, 24, a proposta que impõe a previdência complementar e institui o pagamento pelo teto aos servidores da Prefeitura. O texto define que os trabalhadores que ingressarem no funcionalismo receberão o valor atual pago ao INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), R$ 6,4 mil.

Aprovados em primeira discussão, os textos serão debatidos em definitivo nas próximas sessões da Casa. Se passarem novamente em plenário, serão então encaminhados para a sanção do prefeito da cidade, Dário Saadi (Republicanos).

"

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários