Inscrições para fundo cultural crescem 260% em Campinas.
Carlos Bassan/PMC
Inscrições para fundo cultural crescem 260% em Campinas.


Leia Também

Após 20 dias de inscrições, a secretaria de Cultura e Turismo de Campinas recebeu 1.307 interessados no FICC (Fundo de Investimentos Culturais de Campinas) 2021. Segundo a pasta, o crescimento em relação às edições anteriores foi de 260%, já que a média em outros anos era de 500 inscritos.

Os recursos a serem distribuídos pelo fundo vão beneficiar viabilizar iniciativa e projetos do meio artístico da cidade. O investimento para este ano é de R$ 2 milhões, investimento feito a partir do orçamento da Prefeitura. O FICC teve as regras reformuladas e simplificadas. As mudanças foram votadas na Câmara.

O objetivo foi permitir que a verba fosse distribuída de forma descentralizada. Entre as novidades, a apresentação das certidões negativas, por exemplo, foi dispensada, já que grande parte do setor deixou de pagar impostos na pandemia. A lei também cria e financia o "Prêmio Cultura Presente".

"Foi muito importante o apoio e a parceria que tivemos do Conselho Municipal de Política Cultural para garantir que a informação sobre o edital chegasse a todos os interessados. A gente está muito feliz e espera que esse apoio seja um recomeço", defendeu a secretária de Cultura e Turismo, Alexandra Caprioli.



O prazo de inscrição foi encerrado na última segunda (6). A partir de agora, a documentação será analisada. Depois disso, a partir do dia 15, os artistas que se inscreveram serão notificados. A previsão é de que o resultado final dos aprovados seja divulgado na segunda quinzena de janeiro do ano que vem.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários