Válvula do hidratante furtada provocou vazamento de água.
Divulgação/Guarda Municipal
Válvula do hidratante furtada provocou vazamento de água.


Um homem furtou a válvula do hidratante de uma escola estadual, no bairro Jardim Paulistano, em Americana, na madrugada desta segunda-feira (13). O equipamento foi arrancado com uma marretada, o que provocou um enorme vazamento de água. Segundo a secretaria estadual de Educação, os danos ocorreram nas salas administrativas e dispensa. As aulas não foram suspensas e o suspeito foi localizado pela polícia. 

A Guarda Municipal de Americana recebeu a denúncia de que um indivíduo de boné preto teria pulado o muro da escola estadual Prof. Alcindo Soares do Nascimento, na Rua Dinamarca, por volta das 1h45 da madrugada. 

Os policiais chegaram ao local e perceberam que a válvula do hidratante tinha sido furtada. Nas imagens compartilhadas pela GM, é possível ver o enorme vazamento de água provocado pela falta do equipamento (veja o vídeo abaixo). De acordo com a secretaria estadual de Educação, as salas administrativas e a dispensa tiveram danos. 

Leia Também

A GM começou as buscas e encontrou um homem com as características informadas, que carregava uma sacola plástica. Ao ser abordado, os policiais acharam dentro da sacola a válvula de hidratante, uma torneira e uma marreta. 

Leia Também

Depois de encontrar o homem, dois guardas municipais conseguiram recolocar o equipamento para parar o vazamento de água, mas a peça já estava danificada. A perícia foi chamada e verificou que a válvula foi arrancada com uma marretada. 

O homem ainda levou os policiais até a Rua Tarquínio Benencasse, 440, onde os produtos furtados seriam vendidos. Ele e o responsável pelo local foram encaminhados para a Delegacia. 

Leia Também

Os dois prestaram depoimento e foram liberados porque um representaram da escola não foi localizado. Eles vão responder por furto qualificado.  

A secretaria estadual de Educação informou, em nota, que "a equipe gestora da unidade está tomando todas as providências cabíveis, inclusive o registro do boletim de ocorrência. Além disso, as aulas não foram suspensas e não houve prejuízo para os alunos". 

Veja o vídeo: 


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários