Espetos devem ser removidos de escada da Catedral de Campinas.
Reprodução/Instagram/Padre Júlio Lancellotti
Espetos devem ser removidos de escada da Catedral de Campinas.


A Catedral Metropolitana de Campinas prometeu nesta segunda-feira (13) que vai retirar os espetos de ferro de uma das escadas das entradas laterais da igreja, que fica na região central da cidade. A remoção deve acontecer "nesta semana".

A medida será tomada após uma postagem do padre Júlio Lancellotti, que possui milhares de seguidores nas redes sociais. Na foto, ele critica a Catedral por "aporofobia", termo que representa e define o medo e à rejeição aos pobres.

Com a repercussão, a administração emitiu nota dizendo que os artefatos foram colocados há mais de 30 anos em uma das escadas que fica no "acesso à sala da Irmandade do Santíssimo Sacramento, que administra esta parte da Catedral".

"O Pároco Caio Augusto de Andrade já entrou em contato com o Padre Júlio Lancelotti explicando a origem deste espeto, cuja foto não representa a real opção pelos pobres da Catedral. O Padre Júlio já excluiu do seu perfil a foto. O zelador da Catedral já providenciou a retirada nessa semana", detalha o texto.

Leia Também



Ainda de acordo com Catedral, já houve uma reunião entre os organismos católicos, como Cáritas, Vicentinos, Irmãos e Irmãs da Pobreza e Pastoral Social Levanta-te junto à secretaria de Assistência Social para traçar projetos para os moradores de rua. "Os projetos estão em andamento para 2022", finaliza a nota.

O Pároco Caio Augusto de Andrade também gravou um vídeo sobre o caso. A gravação foi divulgada pelo perfil do padre Júlio Lancelloti. Assista abaixo:


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários