Unidade do Procon em Campinas. (Foto: Divulgação/Prefeitura)
Unidade do Procon em Campinas. (Foto: Divulgação/Prefeitura)


Uma pesquisa do Procon Campinas encontrou diferença de até 207,50% no preço de produtos que compõem a ceia de Natal em supermercados da cidade. O levantamento foi feito entre os dias 14 e 16 de dezembro e contemplou 132 produtos. Nove supermercados foram pesquisados pelos agentes do órgão, entre os produtos pesquisados havia carnes congeladas, farofas prontas, frutas em calda, panetones e chocotones, conservas, lentilhas, bombons e azeites.

Entre os itens pesquisados, a maior diferença (207,5%), foi encontrada no produto "Azeitonas Verdes Arauco Com Caroço", de 200 gramas, da Vale Fértil. Em um supermercado, o produto custava R$ 5,20, e, em outro, R$ 15,99.

A segunda maior diferença foi de 131,89% para o produto "Farofa Premium Tradicional", de 380 gramas, da Yoki, encontrada por R$ 5,99 em um estabelecimento e por R$ 13,89 em outro. Já o terceiro lugar ficou com o "Peito de Peru Bolinha", com diferença de 112,86%: de R$ 23,48 para R$ 49,98 o quilo.

O órgão orienta que os consumidores planejem o cardápio com antecedência para que definam quais são os itens essenciais e possam comparar os valores praticados no mercado antes de efetuar a compra.

PANETONES

A pesquisa também verificou os preços de Itens como os panetones e chocotones. O levantamento encontrou uma diferença média de preço de 20,32% entre estes produtos.

A diferença percentual máxima foi de 51,98% para o Panetone Brigadeiro e para o Panetone Trufado, ambos pesando 550 gramas e da marca Panco. Em um estabelecimento visitado custavam R$ 31,90 e, em outro, R$ 20,99.

Dentre as carnes congeladas, foi constatada diferença média de 26,29%. A diferença mais significativa foi de 112,86%, referente ao quilo do produto "Peito de Peru Bolinha": em um estabelecimento, custava R$ 23,48/kg, enquanto, em outro, R$ 49,98.

"O objetivo foi trazer aos consumidores a informação sobre a diferença de preços de produtos típicos que compõem a ceia de Natal, os quais foram selecionados por amostragem", afirmou a diretora do Procon Campinas, Yara Pupo.

A pesquisa completa pode ser acessada aqui .

DICAS PARA COMPRAS DE NATAL

O Procon Campinas também publicou um informativo com dicas para as compras de Natal. A primeira orientação é estabelecer um limite para gastar a fim de não ultrapassar o orçamento doméstico. O consumidor deve comparar preços com o de outras marcas e ficar atento a promoções e descontos.

Ao escolher brinquedos como presentes para as crianças, é preciso se certificar de que o produto tenha o selo de certificação do Inmetro e estar dentro da faixa etária indicada, para evitar riscos. Para os menores de três anos, por exemplo, deve-se evitar aqueles com peças muito pequenas que podem ser engolidos ou colocados dentro das narinas ou ouvidos.

"O consumidor deve estar atento à qualidade dos produtos, buscar sempre bons fornecedores, além de não abrir mão da pesquisa de preços", destacou Yara.

Leia Também



Outra dica oferecida pelo Procon e que vale tanto para compras físicas ou virtuais é verificar qual a política de troca da loja e lembrar-se de que para garantia estendida ou instalação, a escolha é do cliente. Não é preciso contratar junto com a compra.

Especificamente para as compras pela internet, o Procon alerta os consumidores a confirmarem se o site é confiável tem "cadeado de segurança" que mostre que a navegação é segura. Frete, prazo de entrega e promoções enviadas por e-mail também pontos em que é preciso estar atento. Para não ser vítima de fraudes, é bom também desconfiar de preços que sejam muito fora dos padrões do mercado.

Confira o informativo com todas as dicas do Procon clicando aqui!

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários