Campinas tem quatro surtos de covid e quatro de gripe em asilos.
Reprodução/A ACidade ON
Campinas tem quatro surtos de covid e quatro de gripe em asilos.


Leia Também

A cidade de Campinas está com quatro surtos de covid-19 e quatro surtos de gripe (influenza) em ILPIs (Instituições de Longa Permanência para Idosos), conhecidas popularmente como asilos. Os surtos ocorrem em oito locais diferentes.

A confirmação foi feita na tarde desta quinta-feira (6) pela Prefeitura e os surtos são referentes a este início de ano. No ano passado, a cidade também teve surto de coronavírus em asilos (leia mais abaixo).

De acordo com a Administração, atualmente não há idosos hospitalizados e não houve registro de mortes, mas o Devisa (Departamento de Vigilância em Saúde) e as unidades de saúde de referência fazem, segundo a prefeitura, o acompanhamento sistemático do início ao fim.

Além disso, a Prefeitura informou que, até o momento, não registrou as duas doenças na mesma ILPI. É considerado surto quando ao menos dois casos são confirmados na instituição.

TESTES

Hoje, a Prefeitura disse que ainda não divulgou o número de idosos e funcionários que testaram positivo e informou também que não vai divulgar em quais casas de idosos esses surtos acontecem. Além desses oito surtos confirmados, a prefeitura investiga mais um.

PROTOCOLOS E VISITA

A secretaria de saúde informa que os protocolos para instituições de longa permanência para idosos vigentes estão disponíveis no portal da Prefeitura - protocolos sanitários e recomendações técnicas.

As visitas estão liberadas desde que sigam os protocolos de segurança. No entanto, em situações de surtos, há restrição. O município conta com aproximadamente 140 instituições de longa permanência que acolhem cerca de 2.800 idosos.  

ANO PASSADO

Em agosto do ano passado, o Devisa investigou cinco surtos de covid-19 em três ILPIs da cidade. Os casos ocorreram um mês após a visitas aos idosos moradores de asilos serem liberadas.

Na época, a liberação foi feita depois de quase um ano e meio da suspensão de visitas por causa do risco de contágio do coronavírus.

SITUAÇÃO ATUAL DOS HOSPITAIS


Os hospitais de Campinas têm registrado lotação de pessoas em busca de atendimento desde segunda-feira (3), logo após as festas de fim de ano.

A demanda, acima do normal, ocorre devido a casos suspeitos de covid-19 e também de uma explosão de quadros gripais.



Hoje, o Hospital Municipal Ouro Verde, em Campinas, instalou uma tenda do Exército para ampliar o gripário da unidade em caso de superlotação. O equipamento foi cedido pelo Exército, assim como ocorreu em abril de 2020 - no começo da pandemia de covid-19.

Na unidade, a média de atendimento a pacientes com quadros gripais até a segunda semana de dezembro foi de 70. Somente das 7h desta quarta (5) até às 7h de hoje, foram 476 atendimentos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários