Viracopos, em Campinas, tem 57 voos cancelados após dispensas médicas.
Reprodução/Aeroporto de Viracopos
Viracopos, em Campinas, tem 57 voos cancelados após dispensas médicas.


Leia Também

O Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, teve 57 voos cancelados após o aumento de dispensas médicas de tripulantes entre ontem (6) e a manhã desta sexta-feira (7). O balanço atualizado foi divulgado hoje pela companhia.

No total, ontem foram 24 voos foram cancelados. Foram 12 chegadas e 12 partidas, todos da companhia aérea Azul. Já, nesta sexta-feira, até o momento, 33 voos também foram cancelados.  Foram 16 chegadas e 17 partidas canceladas

Por conta da situação, os passageiros relatam transtorno e muitos estão no terminal em busca de uma solução. Um deles é o geógrafo Gabriel Brito da Rocha, que iria viajar ontem com outras duas pessoas para Recife e, depois, para Fortaleza.

"O voo estava marcado ontem para às 22h e recebemos um e-mail 19h15 de que o voo foi alterado de Congonhas para Campinas. A gente não tinha como vir por conta do tempo, então fomos para Congonhas resolver e nos deram várias opções de voos. Pagamos o transporte de Congonhas para Campinas e hotel. Agora, temos esse voo à 13h15. Foi tudo em cima da hora", disse.

Sobre o caso, a Azul informou que "por razões operacionais, alguns de seus voos do mês de janeiro estão sendo reprogramados". 

Leia Também

A empresa explicou ainda que registrou um aumento no número de dispensas médicas entre seus tripulantes, mas não relacionou os cancelamentos em Viracopos diretamente às confirmações de covid ou de surto de gripe.



Em nota, a companhia aérea reforçou que os clientes impactados estão sendo notificados das alterações, reacomodados em outros voos da própria companhia e recebendo toda a assistência necessária.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários