Cinco das 11 creches de Artur Nogueira foram fechadas após alunos e funcionários testarem positivo para Covid-19.
Divulgação
Cinco das 11 creches de Artur Nogueira foram fechadas após alunos e funcionários testarem positivo para Covid-19.


A Prefeitura de Artur Nogueira decidiu fechar cinco, das 11 creches do município, após 17 colaboradores e alunos testarem positivo para covid-19. A medida começa a valer a partir desta segunda-feira (10). A previsão é que o retorno aconteça depois de uma semana (saiba mais abaixo). 

A orientação da Secretaria de Saúde, por meio da Vigilância Sanitária, é que "caso a unidade educacional apresente dois ou mais casos, a mesma deve ser fechada por sete dias". O objetivo é evitar um surto de covid-19 nas creches. 

A secretária de Saúde, Angela Pulz Delgado, confirma que está sendo feito monitoramento caso a caso, além de um trabalho conjunto visando o controle da transmissão da covid-19 na comunidade escolar. 

"Queremos que a população se conscientize de que esse não é o momento de relaxar com as medidas. Pelo contrário, é o cumprimento dos protocolos sanitários que evitará um cenário caótico em Artur Nogueira", ressalta. 

De acordo com a Prefeitura, a informação foi amplamente divulgada aos pais e mães das crianças por ligação telefônica, mensagem via WhatsApp, comunicado fixado no portão das unidades e pelos canais oficiais de comunicação do Poder Executivo Municipal. 

As atividades presenciais nas creches foram retomadas no dia 4 de janeiro após o recesso do dia 23 de dezembro de 2021 a 3 de janeiro de 2022. A Prefeitura ressaltou que, no retorno, a Secretaria de Educação adotou medidas como aferição de temperatura na entrada, uso de álcool em gel e exigência das máscaras.

UNIDADES AFETADAS 

De acordo com a Prefeitura, foram registrados, até o momento, 17 casos de covid nas 11 creches de Artur Nogueira, entre alunos e educadores. Cinco possuem mais de dois ou mais casos, três unidades apenas um caso positivado e as outras três creches não apresentam pessoas com a doença. 

Confira as unidades afetadas: 

- Cidéria Leyne Boer: 4 funcionárias 

- Josepim Tagliari: 2 funcionárias 

- Yvonne de Barros da Rosa: 2 funcionárias 

Leia Também

- Amazilio Teresani: 1 funcionária 

- Páscoa Valério: 1 criança 

Leia Também

- Maria Piva Tagliari: 2 funcionárias e 1 criança 

- Belizário Neves: 3 funcionárias 

- Denise Dele Álamo Guarda: 1 funcionária 

UNIDADES FECHADAS: 

- Cidéria Leyne Boer (Bela Vista) 

- Josepim Tagliari (Planalto) 

- Yvonne de Barros da Rosa (Bairro São João dos Pinheiros - casinhas) 

- Maria Piva Tagliari (Itamaraty) 

- Belizário Neves (Parque dos Trabalhadores - Caic)



VACINAÇÃO PARA CRIANÇAS 

No momento, a Prefeitura disse que aguarda o envio de doses contra a covid-19 do Ministério da Saúde por meio do Governo do Estado de São Paulo para crianças de 5 a 11 anos. 

A Secretaria de Educação de Artur Nogueira e a Vigilância Sanitária municipal afirmaram ainda que aguardam a resposta da Diretoria de Ensino Regional para obter informações da viabilidade de firmar algum tipo de convênio e/ou parceria na vacinação contra a covid-19 nas unidades escolares municipais.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários