Campinas publica decreto que reduz ocupação de eventos para 50%.
Divulgação/Pixabay
Campinas publica decreto que reduz ocupação de eventos para 50%.


A Prefeitura de Campinas publicou nesta sexta-feira (14), no Diário Oficial, o decreto que reduz a ocupação de grandes eventos para 50% e cancela festas particulares de carnaval.

As medidas restritivas foram anunciadas ontem (13) pelo prefeito Dário Saadi (Republicanos) , um dia após o governador, João Doria (PSDB), recomendar a restrição aos municípios paulistas. 

Leia Também

O decreto, que entra em vigor a partir deste sábado (15) , mantém autorizada a realização de atividades e eventos de entretenimento, culturais, esportivos e de lazer, com público sentado ou em pé, mas com limitação de público em 50%.

O texto ainda cancela as festividades de Carnaval deste ano, tanto para manifestações de rua ou em ambientes fechados.

Vale lembrar que a Administração já tinha anunciado, em 30 de novembro, o cancelamento do Carnaval oficial . A decisão foi conjunta entre as 20 cidades da Região Metropolitana de Campinas. Na época, no entanto, a Prefeitura ainda considerava liberar festas particulares. 

COMO FICA

A limitação de 50% da capacidade dos espaços, não altera as regras para bares, restaurantes, igrejas e outros comércios. Nestes casos, a restrição só será válida se os locais programarem algum tipo de apresentação, ou evento que possam gerar grandes aglomerações sem distanciamento.



A definição inclui shows em casas noturnas e espaços de eventos, mas não engloba jogos profissionais de futebol em estádios. Neste caso, o que vale é a definição de 70% feita pelo estado.

JUSTIFICATIVAS

Segundo a Prefeitura, as medidas foram tomadas sob a justificativa da pressão na rede de Saúde e de evitar situações de transmissão da covid-19. 

Leia Também

"A procura por atendimento está crescendo exponencialmente. Quadruplicou entre 15 de dezembro e 10 de janeiro. São 400 consultas diárias em cada uma das unidades da rede", explica o diretor técnico da Rede Mário Gatti, Carlos Arca.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários