Natal contribui e vendas de dezembro sobem 5,8% em Campinas
Reprodução: ACidade ON
Natal contribui e vendas de dezembro sobem 5,8% em Campinas


Os dados da Acic (Associação Comercial e Industrial de Campinas) mostram que o faturamento das vendas físicas do comércio campineiro em dezembro subiu de R$ 2,912 bilhões em 2020 para R$ 3,081 bilhões no ano passado. O aumento foi de 5,8%.

Divulgados com base nos números da Boa Vista - SCPC, os índices da associação apontam também para um crescimento de 134,29% em relação a novembro de 2021, quando o volume de vendas foi estimado em R$ 1,056 bilhões.

Na avaliação do economista da Acic, Laerte Martins, os efeitos do Natal e do pagamento do 13º Salário também impactaram no e-commerce, que teve uma expansão de 32%, passando de R$ 837,1 milhões em dezembro de 2020, para R$ 1,105 bilhão em 2021.

Apesar da tradicional melhora de fim de ano da economia local, o começo de 2022 deve ser de perda para os consumidores e comerciantes, já que o especialista não vê com bons olhos o momento e os dados apresentados pelo Brasil.

"Infelizmente, para janeiro de 2022, a previsão é de que os números se deteriorem, principalmente pelos desartanjos da economia. A elevação dos juros, a desvalorização do Real e a elevação do câmbio resultam na perda do poder de compra", avalia.

NA RMC

Na RMC (Região Metropolitana de Campinas), dezembro de 2021 teve faturamento estimado em R$ 7,336 bilhões, o que siginifica cerca de 5,8% do faturamento de dezembro de 2020, que foi de R$ 6,934 bilhões.

POR SETOR

No último mês do ano passado, as vendas dos supermercados evoluíram 10,5%, drogarias e farmácias cresceram 4,1% e postos de combustíveis, 8,5%.

Entre os bens duráveis, o setor de materiais de construção subiu 4,1%, enquanto vestuário cresceu 1,5%. Bares e restaurantes tiveram aumento de 1,2%. Já serviços, turismo e transportes, 0,95%.

"

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários