Paralisação nas escolas: terceirizada prevê retorno na sexta
Reprodução: ACidade ON
Paralisação nas escolas: terceirizada prevê retorno na sexta

A empresa terceirizada contratada pela Prefeitura de Campinas para prestar o serviço de limpeza em 208 unidades da rede pública de Educação afirmou nesta quarta-feira (9) que a paralisação dos trabalhadores deve se encerrar na próxima sexta (11).

Em contato com a EPTV Campinas, a prestadora justificou que o atraso no pagamento que afetou o funcionamento de escolas e creches foi causado por um problema no sistema de pagamentos. Com isso, prevê os depósitos para a tarde desta quinta (10).

PARALISAÇÃO

Do total de 208 unidades, segundo a secretaria de Educação, 75 escolas e creches não abriram as portas nesta quarta por conta da paralisação. Outras 40 funcionaram parcialmente.

Na terça, a maioria dos alunos do CEI (Centro de Educação Infantil) Domingos Walter Schimidt, no bairro Vila San Martin, já não foi recebida depois que as equipes de limpeza iniciaram a greve.

Na tarde desta quarta, cerca de 100 trabalhadores da empresa se reuniram nas escadarias da Prefeitura, no Centro. A manifestação cobrou a regularização do pagamento.

O QUE DIZ A PREFEITURA

Em nota, a Prefeitura de Campinas inforou que os repasses à empresa estão "rigorosamente em dia" e que "está em contato com o prestador para que os serviços sejam retomados o mais breve possível".

Ainda da acordo com a administração, "caso a empresa não retome os serviços, medidas administrativas serão adotadas". 

(Com a colaboração de Heitor Moreira/EPTV Campinas)

"

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários