Creches e escolas retomam aulas após paralisação de funcionários (imagem ilustrativa).
Eduardo Lopes/PMC
Creches e escolas retomam aulas após paralisação de funcionários (imagem ilustrativa).


A secretaria de Educação de Campinas informou que todas as creches e escolas municipais tiveram suas atividades retomadas nesta terça-feira (15). A volta acontece após quase uma semana de impasses, com paralisação contínua de funcionários de uma empresa terceirizada, que presta serviço de limpeza nas unidades. Os funcionários alegavam falta de pagamento e benefícios. 

Ontem (14), funcionários fizeram uma nova paralisação, com protesto em frente à Prefeitura. Em meio à greve, a Administração disse que "deu um ultimato" na empresa, e avaliava o rompimento do contrato . A Administração também autuou e notificou a empresa, que pode ser multada em até R$ 250 mil. 

Segundo o sindicato da categoria, os trabalhadores retomaram ao trabalho hoje, mas ainda há cobrança por pagamentos que não foram depositados. 

Leia Também

A PARALISAÇÃO

A greve, que ocorre desde quarta-feira, afetou creches e escolas de ensino básico. Os funcionários das escolas acusam a Especialy, empresa terceirizada, de não honrar com as obrigações trabalhistas, apontando o não pagamento do FGTS, atrasos nos benefícios e também nos salários. A empresa é contratada para prestar serviço de limpeza em 208 unidades da rede pública da Educação. 

Leia Também

Ao longo dos dois últimos dias, os funcionários fizeram atos cobrando soluções da Prefeitura e acusando a empresa e não honrar com a data dos vencimentos. 

Ontem, a paralisação atingiu 61 unidades, sendo que 37 delas pararam totalmente e 24 parcialmente. Na quinta-feira 125 unidades foram afetadas , e na sexta, mesmo com a promessa de solução da Prefeitura, seis ficaram sem aulas


A Prefeitura em nota que os repasses estão em dia para a empresa - que teve os recursos bloqueados devido a uma ação judicial. Ontem, a Administração anunciou que avalia romper o contrato com a empresa. 

O contrato com a Especialy foi firmado em outubro de 2021 e a empresa possui cerca de 700 funcionários. O repasse mensal da Prefeitura é de R$ 2.580.303,30.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários