Vacinação de crianças em Campinas.
Fernanda Sunega/PMC
Vacinação de crianças em Campinas.


Com uma cobertura de 36% na vacinação contra a covid-19 de crianças de 5 a 11 anos, a secretaria de Saúde de Campinas está em alerta para a imunização, considerada baixa no município.

Campinas tem 112.275 crianças de 5 a 11 anos. Desse grupo, até ontem (14), 40.467 receberam a primeira dose. Ou seja, apenas 36% do público alvo já tomou a primeira dose.

Apesar de aquém do esperado, a cobertura é um avanço em relação ao último dia 4 de fevereiro, quando a cidade tinha 19,8% do grupo vacinado com a primeira dose.  Mas ainda, segundo a secretaria de Saúde, é preciso ter um público infantil vacinado maior, pois somente assim a doença avançará menos neste grupo.

"A gente no início de fevereiro estava com quase 20% da população desta faixa etária vacinada. Nesses últimos 15 dias, avançamos para cerca de 36%. Mas a meta é chegar aos 90%. Para que consigamos proteger essa faixa etária como um todo. Sem isso, ficamos criando espaços onde o vírus pode permear e fazer com que disseminamos ainda mais a doença", disse Priscilla Bacci Pegoraro, enfermeira e assessora técnica do Devisa (Departamento de Vigilância Epidemiológica).

Ainda segundo ela, o município está em tratativas para imunizar as crianças nas escolas.

"Isso para que a gente consiga ofertar, nas próximas semanas, a vacinação dentro das escolas para as crianças que não tiveram a oportunidade de ser vacinadas. Isso é uma forma de não intervir na rotina". 

Leia Também

Na RMC (Região Metropolitana de Campinas), a cidade de Indaiatuba está com cobertura vacinal maior, chegando a 70,4% - veja mais detalhes abaixo.

PROTEÇÃO

A vacinação contra a covid-19 é necessária, segundo a Saúde, para evitar o agravamento de casos da doença, em crianças, que estão sendo as principais vítimas de contaminação pela variante ômicron.

No começo deste mês, a pasta informou que a média mensal de casos graves de covid-19 em crianças subiu de oito para 19 em Campinas na comparação entre 2020 e 2022, o que representa 137% de aumento.

Em entrevista ao acidade on Campinas , a médica infectologista do Devisa (Departamento de Vigilância em Saúde de Campinas), Valéria Almeida, afirmou que desde o inicio do ano o aumento de internações em crianças preocupa os hospitais.

"O que chamou muito a atenção neste ano foi que vimos muitas crianças precisando de internação por covid. Nunca tínhamos vimos isso nesses dois anos. Em nenhum momento da pandemia tivemos mais que cinco crianças internadas em uma semana. Só semana passada foram 11 crianças em UTI num único dia", alertou.

"Ainda que a ômicron tenha escape, a vacina protege contra a doença grave, mas a população infantil em parte não está vacinada, então a doença desvia a faixa etária onde circula, passando a circular no público mais suscetível", pontuou.

AÇÕES


Tentando aumentar a cobertura vacinal entre crianças, Campinas tem realizado ações como o Dia D de vacinação aos sábados, inclusive vacinando sem agendamento.

Ainda segundo a Prefeitura, a campanha de vacinação das escolas está sendo ajustada em conjunto com a Promotoria da Infância.

Leia Também

OUTROS GRUPOS

Segundo o boletim de cobertura vacinal contra a covid-19 de Campinas, entre os adolescentes de 12 a 17 anos, a cobertura vacinal é de 59,7% - isso considerando a vacinação completa.

Na população adulta, com mais de 18 anos, a cobertura contando com a dose adicional (de reforço), a porcentagem chega a 48,5%. 



REGIÃO DE CAMPINAS

Na RMC (Região Metropolitana de Campinas), Indaiatuba é a cidade da que está com a melhor cobertura da vacina contra covid-19 entre crianças de 5 a 11 anos. Mais de 70% do público-alvo recebeu a primeira dose no município (veja daDos abaixo).

Americana
29.86% do público infantil vacinado. O município conta com 20.845 crianças de 5 a 11 anos. Desse total, a secretaria municipal de Saúde vacinou 6.226 crianças até o dia 13 de fevereiro.

Valinhos
34.30% do grupo vacinado. Foram 4.196 vacinados de 5 a 11 anos de um grupo que tem 12.232 crianças.

Campinas
36% das crianças de 5 a 11 anos vacinadas. O número é de 40.267 vacinados de um grupo de 112.275.

Sumaré
36,20% do grupo vacinado. De acordo com a secretaria de Saúde, Sumaré conta com cerca de 29 mil crianças de 5 a 11 anos. Até o momento, 10.500 foram vacinadas.

Santa Bárbara d'Oeste
Até o momento foram vacinadas com a primeira dose contra covid-19 5.577 crianças de 5 a 11 anos com ou sem comorbidades e com deficiência permanente, o que representa 36% de cobertura vacinal deste público. Ao todo, a cidade conta com um público estimado de 15.460 crianças nessa faixa etária aptas a receber o imunizante.

Hortolândia
36.73% de cobertura. A cidade tem 26.427 crianças de 5 a 11 anos e 9.708 foram vacinadas.

Indaiatuba
Cobertura vacinal com uma uma dose da vacina: 70,47%. São 13.744 crianças vacinadas de um público-alvo de 19.501 pessoas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários