Vacinação em Campinas.
Eduardo Lopes/PMC
Vacinação em Campinas.


Leia Também

Um levantamento feito pela secretaria de Saúde de Campinas apontou que grande parte do público de 30 e 59 anos de idade ainda não tomou a dose adicional contra a covid-19.

O número de faltantes é de 221.702 pessoas , de acordo com a pasta. São pessoas que já receberam a segunda dose há pelo menos cinco meses e deveriam ter tomado o reforço.

Segundo a Prefeitura de Campinas, pelo cronograma vacinal, essa faixa etária já deveria estar com, pelo menos, 90% de cobertura na dose adicional. No entanto, as porcentagens estão mais baixas do que o ideal (veja dados abaixo).

BALANÇO

Entre as pessoas de 30 a 39 anos, apenas 36,8% tomaram a dose adicional e a baixa cobertura vacinal preocupa a gestão da Saúde.

No caso das pessoas na faixa de idade de 40 a 49 anos, 48,6% tomaram a dose adicional. Já entre as pessoas de 50 a 59 anos, 63% buscaram o reforço.

"A gente acredita que muitas pessoas pensam: 'ah, meu amigo pegou, não teve nada, essa forma tá leve. Então não vou tomar a terceira dose'. Mas, estudos mostraram que após quatro meses da segunda dose, começamos a perder os anticorpos contra o coronavírus", disse a médica infectologista Valéria Almeida, que faz parte do Devisa (Departamento de Vigilância em Saúde).

"É importante que as pessoas tomem a dose de reforço para impedir que desenvolvam uma forma mais grave da doença. O que, inclusive, as pessoas que só tem duas doses acham que estão protegidas e se expõem mais, podendo adquirir covid", afirmou a infectologista.

A médica reforçou ainda que, além de proteger a pessoa contra o vírus, a vacina também ajuda na diminuição da circulação da covid-19 na população. "Isso é importante pois quanto menos o vírus circular, menos as pessoas terão o risco de desenvolver a forma grave da doença", disse Valéria.

CALENDÁRIO COMPLETO

O jornalista Thiago Toledo, de 31 anos, seguiu todo o calendário de vacinação e tomou a dose adicional no dia 12 de janeiro.

"Com certeza, tomaria a quarta, a quinta dose, quantas mais tiverem. O que é uma picada no braço para nos mantermos todos saudáveis, vivos, podendo viver a vida como a gente gosta. A gente tem uma grande responsabilidade em mãos, não só pensando em si mesmo, mas no próximo, no coletivo".

COMO AGENDAR

Campinas tem disponibilizado agenda para vacinação contra a covid-19, e há vagas disponíveis. O agendamento deve ser feito pelo site.

Além do agendamento, a cidade tem promovido Dias D e ações em que as pessoas podem ser vacinadas sem precisar de cadastro.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários