Polícia investiga intolerância religiosa em templo de umbanda
Reprodução: ACidade ON
Polícia investiga intolerância religiosa em templo de umbanda



A Polícia Civil investiga um caso de intolerância religiosa em Campinas. Um homem foi flagrado pichando o muro de um templo de umbanda no fim de semana.


O caso ocorreu no sábado (26) à noite no templo de umbanda "Filhos da Fé", no Jardim do Lago. De acordo com a organização do local, o templo vem sofrendo casos de intolerância religiosa desde janeiro.

O primeiro deles foi em janeiro, quando picharam o muro do local. O segundo foi no sábado à noite. A ação no último caso foi flagrada por câmeras de segurança.

Nas imagens , é possível ver um homem sozinho pichando o muro. Segundo o presidente do terreiro, ele pichou palavras de ofensa.

Após a pichação, a organização apagou as ofensas com tinta. Mas, na madrugada de domingo (27), mais uma vez, voltaram a pichar o local. Além da pichação, a equipe do terreiro disse que também já tiveram vidros quebrados.

Leia Também

Leia Também



LEVANTAMENTO

De acordo com dados da secretaria da Justiça e Cidadania do governo estadual, o registro de denúncias por intolerância religiosa aumentou 60% na RMC (Região Metropolitana de Campinas) entre os anos de 2019 e 2020. O levantamento foi divulgado no começo deste ano pelo acidade on.



Em 2019, foram cinco registros na RMC. Em 2020, esse número saltou para oito. A maior parte ocorreu em Campinas - quatro deles. A pasta informou ainda que em 2021 foram quatro denúncias de intolerância religiosa - todas em Campinas (leia mais aqui) .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários