Armas, munições e drogas foram encontradas no local.
Reprodução/EPTV
Armas, munições e drogas foram encontradas no local.


A perícia técnica da Polícia Civil que esteve no quarto de motel onde ocorreu um tiroteio na tarde de ontem (1º), em Santa Bárbara d'Oeste , recolheu dezenas de cápsulas de arma de fogo, três revólveres e ainda porções de maconha. 

A droga e os objetos foram encontrados no quarto onde estava hospedado o homem que atirou em guardas municipais. O motel fica na Rua Juscelino Kubitschek, no Distrito Industrial 1. 

Ao todo, três guardas municipais ficaram feridos durante a troca de tiros. O suspeito também foi baleado.

O CASO

Um homem que estava no quarto do motel fez disparos de arma de fogo contra os guardas municipais que chegaram até o local após uma denúncia de funcionários. 

Leia Também

De acordo com os trabalhadores, o homem chegou ao quarto com uma mulher de 22 anos e uma adolescente de 14 anos, na noite anterior. Os funcionários acionaram a Guarda Municipal após o grupo causar baderna e não indicar quando iria embora. 

TIROTEIO

Leia Também

Assim que a equipe chegou ao local para averiguar a situação, foi recebida com tiros já no portão de entrada. Os tiros atingiram a viatura e um guichê de atendimento, mas nenhum funcionário ficou ferido. 

"No chamado, a Guarda Civil foi acionada falando (as denúncias) que o indivíduo estava se desentendendo com as moças que estavam com ele, e foi ouvido um disparo de arma de fogo. No motel o suspeito saiu correndo e começou a atirar contra os guardas e houve intensa troca de tiro", disse o secretário de Segurança da cidade, Romulo Gobbi. 

Dois guardas municipais foram atingidos com os disparos, um deles no braço e outro na barriga. Um terceiro servidor ficou ferido com estilhaços no rosto. Todos foram levados para hospitais da cidade. Dois foram liberados e um permanece internado.

O criminoso também foi baleado. Ele foi dominado pelas equipes e encaminhado ao hospital municipal, com ferimentos. Ele passou por cirurgia e segue internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva). Assim que tiver alta, ele deve ser autuado em flagrante por resistência e tentativa de homicídio. 

A mulher de 22 anos e a adolescente de 14 foram levadas para delegacia de Santa Bárbara, prestaram depoimento e foram liberadas. Segundo a Guarda Municipal, quando começou a troca de tiros no pátio do motel as duas já não estavam mais no quarto.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários