Campinas tem programa de formação para jovens da periferia.
Divulgação
Campinas tem programa de formação para jovens da periferia.


Leia Também

Leia Também

Estão abertas até a próxima sexta-feira (18) as inscrições de coletivos no Perifaimpacto, programa destinado a jovens de 15 a 29 anos que morem ou atuem diretamente em regiões da periferia.  Trata-se de um programa para a formação de jovens em busca de conhecimento técnico nas áreas de planejamento estratégico, gestão financeira, busca de parcerias e captação de recursos.

O programa é gratuito e as inscrições devem ser feitas pelo site . Segundo os organizadores, serão selecionados cinco coletivos que irão participar das atividades durante todo o ano de 2022 de maneira remota.

A metodologia é desenvolvida pela Casa Hacker, ONG fundada em 2018, e que nasceu de um coletivo periférico de jovens no distrito do Campo Grande, em Campinas, e desde então acredita que a liderança jovem em causas de impacto social são essenciais para o futuro do desenvolvimento sustentável das comunidades periféricas.

Diversidade e inclusão social

Coletivos que tenham causas como cultura, esporte, meio ambiente, combate ao coronavírus, que visem a diversidade e o impacto econômico e social, podem se inscrever para o projeto. A Casa Hacker convida as iniciativas que tenham mulheres, pessoas trans, pessoas com deficiência, pessoas negras e povos indígenas a participar do processo seletivo, priorizando candidaturas que reflitam as características para garantir a diversidade.



Segundo os organizadores, o programa do Perifaimpacto traz pilares importantes para o desenvolvimento das atividades dos coletivos, como captação de doação de pessoas físicas e empresas, melhoria da comunicação interna e externa, organização de times e responsabilidades, planejamento de ações, melhorias de habilidades digitais, gestão financeira, liderança na causa e impacto em políticas públicas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários