Materiais foram apreendidos pela Polícia e serão analisados.
Divulgação/PF
Materiais foram apreendidos pela Polícia e serão analisados.


A Polícia Civil deflagrou na manhã desta terça-feira (8) a segunda fase da operação Curumin, que cumpre mandados contra pedofilia em Campinas e região. 

Ao todo, quatro mandados de busca e apreensão são cumpridos simultaneamente nas cidades de Campinas, Indaiatuba, Vinhedo e Mogi Guaçu. Os mandados são cumpridos por policiais da Deic (Divisão Especializada de Investigações Criminais). 

Leia Também

A INVESTIGAÇÃO

Segundo a Polícia Civil, a investigação foi realizada pelo núcleo de inteligência da 1ª DIG/DEIC de Campinas, e identificou material de pornografia infantil através dos IPs (endereços de protocolo de internet) dos investigados. 

Leia Também

Hoje, segundo a polícia, os cumprimentos dos mandados têm como objetivo apreender computadores, aparelhos de telefonia celular, além de pen-drivers, HDs externos, cartões de memórias, CDs e DVDs que possam conter registros de cenas de sexo explícito ou pornografia envolvendo crianças e adolescentes. 


Além dos policiais da DIG, participam policiais da Delegacia Seccional de Mogi Guaçu e da Policia Técnico Cientifica, além da Policia Federal de Piracicaba.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários