SP retira obrigação de máscaras em espaços abertos a partir de hoje
Reprodução: ACidade ON
SP retira obrigação de máscaras em espaços abertos a partir de hoje


O governo de São Paulo decidiu retirar a obrigatoriedade do uso de máscaras ao ar livre em todo o estado. A flexibilização começa a valer a partir de hoje (9) . Em locais fechados, no entanto, nada muda, e as máscaras ainda seguem obrigatórias. 

O anúncio da medida foi feito pelo governador João Doria (PSDB) através de uma coletiva de imprensa, no começo da tarde desta quarta-feira (9). 

"Vamos assinar o decreto que libera o uso de máscaras em todo o estado de São Paulo a partir de hoje. Esse decreto libera em todo o estado, e isso se aplica em ruas, praças, pátios de escola, estádios de futebol, centros de eventos, autódromos e outras áreas correlatas. O uso será obrigatório em ambientes fechados como escolas, escritórios e transporte público" , explicou o governador. 

A decisão de liberação de máscaras já era esperada desde semana passada, quando o governo informou que faria essa ponderação sobre máscaras em ambientes abertos. 

EM CAMPINAS

Em Campinas, a Prefeitura informou que fará uma coletiva hoje à tarde para anunciar se segue a decisão do estado. A coletiva acontece a partir das 15h, e será transmitida pelo acidade on. 

Leia Também

Antes, a Administração havia informado que anunciaria a decisão apenas amanhã. Vale lembrar que por regra, o município pode ser mais restritivo e não mais permissivo do que o Estado. 

HISTÓRICO 

O uso de máscaras era obrigatório em São Paulo por decreto estadual desde o dia 7 de maio de 2020. A regra valia para espaços públicos, inclusive transporte por aplicativo. O decreto em vigor estipulava a obrigação do uso de máscaras obrigatório até o dia 31 de março. 

No final do ano passado havia a expectativa de flexibilização da regra. No entanto, com o aumento de casos por causa da variante ômicron, a regra foi prorrogada até o final deste mês. 

Desde a última semana, o Comitê Científico de Covid-19 avaliava os índices da pandemia e ocupação de hospitais decidir por relaxar a medida.
"

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários