Unicamp alerta alunos após alta de crimes em Barão Geraldo.
Divulgação/Antoninho Perri
Unicamp alerta alunos após alta de crimes em Barão Geraldo.


Leia Também

A onda de roubos que vem assustando moradores e estudantes no distrito de Barão Geraldo, em Campinas, fez com que a Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), publicasse um comunicado de alerta para os estudantes.

Segundo levantamento da SSP (Secretaria de Estado da Segurança Pública de São Paulo), a região teve uma alta de 86,4% em crimes se comparar janeiro do ano passado com o mesmo mês deste ano. De acordo com os dados, foram 24 ocorrências registradas no 7º DP (Distrito Policial). Em 2021, foram 13 casos.

Com o número alto de ações criminosas, a Unicamp fez um alerta aos estudantes para os riscos de assaltos, furtos e roubos no campus.

ORIENTAÇÕES

- Não caminhar com o celular nas mãos

- Evitar andar só pelas ruas, priorizando a caminhada com colegas 

- Não deixar objetos visíveis nos veículos 

- Iluminar área externa das casas


EM CASO DE EMERGÊNCIA

Ainda segundo o alerta da universidade, a recomendação para os alunos é acionar o 190 sempre que necessário, a Guarda Municipal, que tem base em Barão Geraldo, através do 151, e a Polícia Civil, através do 7º DP (Distrito Policial), na Avenida Professor Atílio Martini, número 791. 

"A Unicamp com apoio do Conselho de Segurança de Barão Geraldo, está buscando envolver as polícias locais na busca de soluções. Mas o mais importante é promover o apoio mútuo", disse a coordenadora da secretaria de vivência nos campi, Susana Durão.

GRUPO E RELATOS


Segundo os moradores do distrito, a maioria dos crimes acontece durante a noite. A insegurança fez surgir um grupo no Facebook, com relatos sobre os assaltos.

Em parte das publicações, as vítimas dizem ter sido roubadas na região da Rua Doutor Shigeo Mori e há testemunhos também de que a maioria dos assaltantes chega de moto, e até mesmo disfarçada de entregadores de comida por aplicativo.

A universitária Sophia Mello se mudou para Campinas para estudar na Unicamp e reconhece já estar assustada com o número de casos semelhantes. A suspeita é que os crimes aumentaram por conta da volta às aulas presenciais na universidade iniciada na última segunda-feira, dia 14. 

"Tenho andando muito de Uber, porque tem ficado mais barato por ser tudo perto. Eu tenho essa preocupação pelo medo de andar sozinha. Mas tem gente que é assaltada mesmo de carro. Eu não tenho visto muita viatura por aqui, não", alega ela.



O QUE DIZ A SSP

Procurada, a secretaria de Segurança Pública informou que as ações de policiamento preventivo foram intensificadas e que na área de Barão Geraldo,14 criminosos foram detidos e três armas foram apreendidas só em janeiro.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários