Até quando vai a onda de frio em Campinas? Confira a previsão
Reprodução: ACidade ON
Até quando vai a onda de frio em Campinas? Confira a previsão

A onda de frio em Campinas ainda deve persistir até o final de semana, segundo previsão do Cepagri (Centro de Pesquisas Meteorológicas e Climáticas Aplicadas à Agricultura), da Unicamp. 

De acordo com o boletim meteorológico do Centro, o avanço do sistema de alta pressão sobre São Paulo, que trouxe a massa de ar frio nos últimos dias, irá auxiliar com a nebulosidade, inibindo as temperaturas mais baixas e permitindo maior iluminação pelo sol. 

"A nebulosidade se mantém na nossa região. Está persistindo. Então, está inibindo a elevação nas temperaturas, mas o frio vai cedendo a partir do final de semana. Amanhã a gente ainda deve ter temperaturas muito parecidas, talvez ligeiramente mais elevadas. A partir do final de semana, vai subindo de forma mais perceptível. Ainda fica um friozinho, mas na semana que vem, já devemos ter temperaturas mais típicas para a época", afirma Bruno Bainy, meteorologista do Cepagri. 

Dessa forma, as temperaturas devem ficar entre 8ºC e 18ºC nesta sexta-feira (20), com ventos fracos, soprando com maior intensidade ao anoitecer. 

LEIA MAIS
Cepagri registra 6,3ºC em Campinas, temperatura mais baixa do ano
Frio: máxima em Campinas não passa de 14ºC, a menor em maio desde 1989

PRÓXIMOS DIAS 

No sábado (21), as temperaturas sobem um pouco mais, ficando entre 9ºC e 22ºC. Já para o domingo (22), a previsão é de que os termômetros marquem entre 12ºC e 24ºC. 

"Final de semana deve subir degraus um pouco maiores, no sábado e domingo, mas ainda com temperaturas abaixo da média. E a partir de segunda-feira, deve ter temperaturas mais dentro da média, lembrando que a gente está em maio, que é uma estação em transição, indo para o inverno, com os dias cada vez mais curtos e com menos radiação solar. As temperaturas ficam mais amenas mesmo, em torno de 13ºC e 14ºC de mínima e entre 25ºC e 26ºC de máxima, algo mais típico para este período", completa Bainy. 

BAIXA UMIDADE

Durante o final de semana, a umidade relativa do ar mínima deverá ficar abaixo dos 30%, de acordo com a previsão do Cepagri. 

Com isso, os cuidados devem ser redobrados com a hidratação, através da ingestão de líquidos, da umidificação de ambientes e do uso de produtos adequados à pele e mucosas. 

MAIO MAIS QUENTE

Apesar da onda de frio inesperada para a época do ano, o meteorologista Bruno Bainy afirma que maio registrou temperaturas acima do previsto para a estação. 

Segundo o meteorologista, durante os primeiros 15 dias do mês de maio foram registradas temperaturas médias 0,9ºC acima da climatologia, que é o valor de referência de longo prazo. 

Ainda de acordo com o Centro, não há previsão de chuva para os próximos dias, e os indicativos apontam para precipitação somente no final do mês.

"

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários