Homem suspeito de matar GM é encontrado em UPA de Sumaré
Reprodução: ACidade ON
Homem suspeito de matar GM é encontrado em UPA de Sumaré

Um homem suspeito de participar do assalto que terminou com a morte do guarda municipal Robinson Costa Franco, de 47 anos, foi localizado em uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Sumaré na manhã desta segunda-feira (30).

De acordo com o boletim de ocorrência, o suspeito apareceu na unidade de saúde do bairro Matão com um ferimento de bala na perna esquerda.

Durante a abordagem médica, o homem entrou em contradição no momento de revelar como teria conseguido o ferimento, passando até um nome falso. 

Devido à natureza da lesão, a Polícia Militar foi acionada. De acordo com a corporação, acredita-se que ele participou do latrocínio (roubo seguido por morte) no Jardim Flamboyant.

O celular do suspeito foi apreendido. O caso foi registrado pelo 4º Distrito Policial de Sumaré.

O CASO

O guarda municipal Robinson Costa Franco, de 47 anos, morreu após ser baleado em uma tentativa de assalto, em Campinas. O caso aconteceu na última sexta-feira (27).

De acordo com a GM (Guarda Municipal), o agente foi abordado por dois homens na saída de uma feira noturna, no Jardim Flamboyant, quando estava próximo ao seu veículo.

Segundo a corporação, Robinson reagiu ao anúncio do assalto e houve uma troca de tiros com os suspeitos. O guarda foi baleado e morreu no local, assim como um dos assaltantes. O outro suspeito fugiu e segue foragido.

Robinson Costa Franco era casado e deixa dois filhos, de 25 e 20 anos. Ele era da 4ª Turma da Guarda Municipal e trabalhou muitos anos na Base Ambiental. Atualmente, ele estava no Sindicato dos Servidores Públicos.

"

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários