Motorista que atropelou pai e filho na John Boyd é indiciado
Reprodução: ACidade ON
Motorista que atropelou pai e filho na John Boyd é indiciado

O motorista acusado de atropelar pai e filho na Avenida John Boyd Dunlop, em Campinas, foi indiciado por tentativa de homicídio doloso, em Campinas.

De acordo com a SSP (Secretaria de Segurança Pública), o caso segue em investigação. As vítimas ficaram em estado grave e permanecem internadas no hospital PUC-Campinas.

Em nota, a secretaria disse que "indiciou um homem de 20 anos por tentativa de homicídio doloso nesta quarta-feira (1º). O suspeito teria atropelado um homem de 42 anos e um adolescente de 13 na Avenida John Boyd Dunlop, no último domingo (29)", diz trecho do texto.

O condutor do carro estava desaparecido desde o dia do acidente e, segundo a polícia, ele não possuía carteira de habilitação.

Segundo a secretaria, o caso é investigado pelo 2º DP de Campinas e diligências seguem em andamento para o esclarecimento dos fatos.

O CASO

Após atingir o homem, de 42 anos, e o adolescente, de 13 anos, em alta velocidade, o motorista fugiu sem prestar socorro.

Imagens de câmeras de segurança chegaram a registrar o momento do acidente, que aconteceu às 18h18 próximo ao Balão do Londres. Pai e filho estavam a pé e atravessavam na faixa exclusiva do BRT após o semáforo fechar para os veículos.

Enquanto passavam pela via, os dois foram atingidos pelo carro em alta velocidade. Com o impacto, as vítimas foram arremessadas a vários metros de distância. A imagem, no vídeo, foi congelada por conter cenas fortes (veja abaixo). 



A PRISÃO

A Polícia Militar conseguiu identificar a placa do veículo que atingiu as vítimas. Buscas tinham sido feitas no endereço onde o carro estava registrado nesta semana, mas ninguém tinha sido encontrado.

Hoje pela manhã, no entanto, o motorista e o veículo foram encontrados e apreendidos. O carro, de modelo Palio, estava com a lataria amassada e vidros quebrados, por causa do impacto da batida.

A Polícia não detalhou onde o motorista e o veículo foram localizados.

Segundo o delegado do 2º DP (Distrito Policial), Luiz Fernando Maruccil, responsável pelas investigações, o homem já tinha um processo criminal por receptação.

"O indivíduo foi identificado pelos investigadores após serem colhidas algumas informações junto a testemunhas. O veículo usado no atropelamento foi apreendido e o homem foi indiciado por homicídio doloso, na modalidade do dolo eventual".

ESTADO DE SAÚDE

Após o acidente, pai e filho vítimas do atropelamento foram socorridos e encaminhados ao Hospital PUC-Campinas. Segundo o hospital, o homem está em estado grave e o adolescente teve melhora e o estado de saúde é considerado estável, mas ainda requer cuidados.

"

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários