John Boyd e Magalhães Teixeira: veja as vias que mais multam em Campinas
Reprodução: ACidade ON
John Boyd e Magalhães Teixeira: veja as vias que mais multam em Campinas


A Avenida John Boyd Dunlop, maior avenida de Campinas, com 15 quilômetros de extensão, que liga o Centro à região do Campo Grande, registrou o maior número de multas no trânsito de Campinas no último ano . Foram 235,2 mil autuações aplicadas em toda sua extensão. A avenida também foi líder de autuações em 2020. 

O balanço, que mostra as 10 vias com mais registros de multa na cidade nos últimos três anos , foi fornecido ao acidade on pela Emdec (Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas), por meio da LAI (Lei de Acesso à Informação). Veja abaixo. 

TOTAL 

Durante todo o ano passado, segundo o Portal da Transparência, foram aplicadas o total de 1.362.055 penalidades de trânsito. A arrecadação bruta com as multas em 2021 foi de R$ 111 milhões. 

CAMPEÃ DISPARADA

Em 2021, a John Boyd liderou com folga o topo de "campeã" de multas, tendo cinco vezes mais multas que a segunda colocada no ranking, a Avenida Prefeito Magalhães Teixeira, na região do Piçarrão.

Em terceiro lugar aparece o Túnel Joá Penteado, que liga a região da Vila Industrial ao Centro. Nas três vias, o limite de velocidade estipulado é de 50 km/h. 

Em 2020, também liderando o ranking, a John Boyd somou 74.119 autuações. Já em 2019 a via não apareceu na lista, por conta das obras do BRT. Nesse ano quem liderou o ranking foi a Avenida Prefeito Magalhães Teixeira. 

Segundo a Emdec, a diferença entre o número de autuações registrado em relação a 2021, é justificada também pela intensidade das obras de implantação dos Corredores BRT Campo Grande neste período, que exigia maior cautela por parte dos motoristas. 

"Ou seja, eram períodos atípicos, inclusive a velocidade máxima permitida era reduzida nos trechos em obras", explicou em nota a empresa. 

Vale lembrar que a John Boyd também liderou levantamentos divulgados neste ano como a via mais fatal e campeã de acidentes na cidade (leia mais aqui)

VEJA AS 10 VIAS COM MAIOR NÚMERO DE MULTAS APLICADAS EM 2021:

1-Avenida John Boyd Dunlop: 235.219 autuações 

2-Avenida Prefeito Magalhaes Teixeira: 41.794 autuações 

3-Túnel Joá Penteado (100m anterior a saída): 33.870 autuações 

4-Avenida Jose de Souza Campos (Norte-Sul): 32.514 autuações 

5-Rodovia Heitor Penteado: 32.384 autuações 

6-Avenida. Dr. Moraes Sales: 31.535 autuações 

7-Viaduto Miguel Vicente Cury: 27.582 autuações 

8-Avenida Prestes Maia: 26.021 autuações 

9-Avenida Theodureto de Almeida Camargo: 24.341 autuações 

10-Avenida Dr. Heitor Penteado: 23.587 autuações 

EM 2020:

1-Avenida John Boyd Dunlop: 74.119 autuações 

2-Avenida Prefeito Magalhaes Teixeira: 39.865 autuações 

3-Viaduto Miguel Vicente Cury: 31.384 autuações 

4-Rodovia Heitor Penteado: 29.238 autuações 

5-Túnel Joá Penteado (100m anterior a saída): 28.103 autuações 

6-Avenida Dr. Moraes Sales: 26.028 autuações 

7-Avenida Jose de Souza Campos: 24.581 autuações 

8-Avenida Prestes Maia: 21.216 autuações 

9-Avenida Dr. Campos Sales x Rua Alvares Machado: 19.262 autuações 

10-Avenida Theodureto de Almeida Camargo: 19.059 autuações 

EM 2019:

1-Avenida Prefeito Magalhaes Teixeira: 45.110 autuações 

2-Viaduto Miguel Vicente Cury: 34.234 autuações 

3-Túnel Joá Penteado (100m anterior a saída): 29.471 autuações 

4-Avenida Theodureto de Almeida Camargo: 28.094 autuações 

5-Avenida José de Souza Campos: 23.665 autuações 

6-Rodovia Heitor Penteado: 22.529 autuações 

7-Avenida Dr. Moraes Sales: 22.047 autuações 

8-Avenida Jose Amgarten: 22.016 autuações 

9-Avenida Dr. Campos Sales x Rua Alvares Machado: 19.670 autuações 

10- Avenida Dr. Heitor Penteado: 17.204 autuações 

MAIS RADARES

No mês passado, Campinas publicou o edital que prevê 18 novos equipamentos de radares nas ruas e avenidas da cidade.

Os equipamentos vão desde medidores fixos de velocidade como avanço de sinal vermelho, parada sobre faixa de pedestres e excesso de velocidade. No total, com os novos, serão 144 equipamentos de radares ativos no município. 

De acordo com a Emdec, o acréscimo de 18 radares em relação ao número atual de equipamentos contemplará locais onde foram registrados 51 acidentes com morte entre os anos de 2018 e 2021, nas avenidas John Boyd Dunlop, Ruy Rodriguez, Camucim e Amoreiras/Rua Piracicaba.

"

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários