Atendente mede a temperatura de consumidor na Rua 13 de maio
Gilson Machado
Atendente mede a temperatura de consumidor na Rua 13 de maio


Um levantamento feito pela Associação Comercial e Industrial de Campinas (ACIC) indica que a maioria dos consumidores que foram às ruas na segunda-feira (08), primeiro dia da reabertura do comércio , saíram de casa para quitar dívidas. De acordo com a pesquisa, o número de pessoas que circularam em estabelecimentos com essa finalidade foi de algo entre 60% e 70%.

A ACIC afirma que muitas pessoas não souberam pagar virtualmente os boletos e cartões próprios das lojas, tese apoiada por Alexandra Caprioli, secretária do Desenvolvimento Econômico, Social e de Turis,o. “A gente tem um fenômeno que é que muitas lojas vendem por carnê.  Existem pessoas que não conseguem pagar pela internet, e foram às lojas. Essas lojas começaram a criar atendimento externo, o que aumentou a circulação”, disse Caprioli.

Leia também: Nenhum dado sustenta reabertura em Campinas, alerta coordenador de Força Tarefa

A movimentação registrada na segunda-feira foi grande. Apesar de a maioria das pessoas estarem usando máscaras , foi difícil manter o distanciamento social nas calçadas, principalmente em filas. Dentro das lojas, os atendentes conseguiram conter as aglomerações. Nesta terça-feira (09), o cenário não foi muito diferente, e ruas como a 13 de maio voltaram a ficar lotadas.

“Os lojistas se preocuparam com a área interna das lojas e fizeram a parte deles. Por conta disso, conversamos com a Acic (Associação Comercial e Industrial de Campinas) para ajudar nesse desafio de organizar a área externa, em frente às lojas, num esforço conjunto, para evitar aglomeração”, informou Caprioli.

Fiscalização

Segundo a Prefeitura, não houve nenhum tipo de punição pelas equipes de fiscalização durante o primeiro dia. O objetivo foi conscientizar a população e os proprietários dos estabelecimentos para cumprimento das recomendações de higiene e distanciamento social, como usar máscaras, disponibilizar álcool em gel, entre outras, para o enfrentamento ao novo coronavírus.

As equipes percorreram 335 estabelecimentos na região central da cidade, distribuíram 1200 máscaras de tecido para a população e 5 mil frascos de 50 ml de álcool em gel. Também visitaram quatro shoppings – Iguatemi, Parque das Bandeiras, Parque d. Pedro e Campinas Shopping, nos quais fizeram 602 vistorias em estabelecimentos.

    Veja Também

      Mostrar mais