Campinas já tem mais de 4.700 casos confirmados de Covid-19
Divulgação
Campinas já tem mais de 4.700 casos confirmados de Covid-19


Campinas registrou 21 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, entre terça (16) e quarta-feira (17), e bateu novo recorde de óbitos anunciados pela Prefeitura em um mesmo boletim diário. O maior número, até então, havia sido registrado ontem, quando foram confirmadas 15 mortes.

Com os novos registros, o total de vítimas fatais na cidade subiu para 185. Já o número de casos confirmados aumentou de 4.392 para 4.726, com acréscimo de 334 novos infectados pelo coronavírus.

“Estamos vivendo o pior momento da pandemia na nossa cidade, na nossa região, no Estado de São Paulo. Há uma interiorização muito rápida para o norte de São Paulo, o Oeste. O que a gente pode fazer é o melhor em termos de ampliar a estrutura, dar a melhor atenção possível. Nós só temos uma arma eficientes, que é o distanciamento social. Precisamos manter isso, sob pena de termos cada vez mais casos", alertou o secretário da Saúde, Carmino de Souza, durante coletiva nesta quarta-feira (17).

Leia também: Campinas tem quarto dia seguido com lotação nas UTIs do SUS municipal

Confira os números divulgados nesta quarta-feira (17):

- 185 óbitos (21 novos)
- 20 óbitos em investigação (1 novo)
- 4.726 casos confirmados (334 novos)
- 463 em invesitigação (36 novos)
- 8.154 descartados (282 novos)
- 3457 recuperados (222 novos)
- 241 internadas (7 novas)
- 843 em isolamento domiciliar (84 novas)

Veja os detalhes dos óbitos confirmados nesta quarta-feira:


– homem de 64 anos de idade, que tinha outras doenças. Morreu em 12 de junho em hospital público; 

– mulher de 76 anos, que tinha outras doenças. Morreu em 13 de junho em hospital público;

– mulher de 66 anos, com outras doenças. Morreu no dia 13 de junho em hospital público;

– homem de 51 anos, sem comorbidades. Morreu no dia 14 de junho em hospital público;

– homem de 74 anos, que não tinha outras doenças. Morreu no dia 29 de maio em hospital público;

– mulher de 59 anos, sem comorbidades. Morreu em 16 de junho em hospital público;

– mulher de 73 anos, que tinha outras doenças. Morreu em 16 de junho em hospital público;

– homem de 85 anos, com outras doenças. Morreu em 12 de junho em hospital privado;

– mulher de 87 anos, que tinha outras doenças. Morreu em 6 de junho, em casa;

– homem de 85 anos, com comorbidades. Morreu em 15 de junho em hospital privado;

– mulher de 91 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 16 de junho em hospital privado;

– homem de 84 anos, que tinha outras doenças. Morreu em 13 de junho em hospital privado;

–homem de 74 anos, que tinha outras doenças. Morreu em 15 de junho em hospital público;

– homem de 88 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 15 de junho em hospital público;

– homem de 69 anos, que tinha comorbidades. Morreu no dia 16 de junho em hospital público;

– mulher de 45 anos, que tinha outras doenças. Morreu em 16 de junho em hospital público;

– mulher de 37 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 16 de junho em hospital público;

– homem de 76 anos, com comorbidades. Morreu em 16 de junho em hospital público;

– mulher de 101 anos, que tinha outras doenças. Morreu em 16 de junho em hospital privado;

– mulher de 68 anos, que tinha outras doenças. Morreu em 18 de maio em hospital privado;

– mulher de 34 anos, que tinha outras doenças. Morreu em 12 de junho em hospital público;

    Veja Também

      Mostrar mais