Campinas já tem mais de 6,7 mil casos de Covid-19.
Fernanda Sunega/Prefeitura de Campinas
Campinas já tem mais de 6,7 mil casos de Covid-19.


A Prefeitura de Campinas confirmou, em boletim divulgado no início da tarde desta quinta-feira (25), mais 18 mortes causadas por Covid-19 , o que aumenta por 271 o total de óbitos. Já o número de casos confirmados subiu para 6.710, com acréscimo de 295 novos infectados, enquanto 5.067 pessoas já estão recuperadas.

Entre as vítimas, oito eram mulheres e dez eram homens. Duas pessoas tinham menos de 60 anos: um homem de 51 anos, que tinha outras doenças e morreu em um hospital público, no dia 20 de junho, e um homem de 43 anos, que não tinha outras doenças e morreu em um hospital privado, no dia 23 de junho.

Leia também: Comércio fechado: Força-tarefa interdita estabelecimentos em Barão Geraldo

Confira os números divulgados nesta quinta-feira (25):

- 271 óbitos (18 novos)
- 28 óbitos em investigação (5 a menos)
- 6.710 casos confirmados (295 novos)
- 554 casos em investigação (19 a menos)
- 10.371 casos descartados (221 novos)
- 5.067 recuperados (318 novos)
- 325 internados (7 a menos)
- 1.047 em isolamento domiciliar (34 a menos)

Veja as informações sobre as novas vítimas da Covid-19:

- Mulher, de 90 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 23 de junho em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

– Mulher, de 69 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 23 de junho em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

– Mulher, de 78 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 23 de junho em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado

– Homem, de 73 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 12 de junho em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

– Mulher, de 82 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 20 de junho em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

– Mulher, de 79 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 23 de junho em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

– Homem, de 43 anos, que não tinha outras doenças. Morreu no dia 23 de junho em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

– Homem, de 83 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 18 de junho em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

– Homem, de 82 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 22 de junho em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

– Homem, de 82 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 14 de junho em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

– Mulher, de 71 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 13 de junho em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

– Homem, de 94 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 15 de junho em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

– Mulher, de 88 anos, que não tinha outras doenças. Morreu no dia 20 de junho em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

– Homem, de 51 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 20 de junho em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

– Homem, de 70 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 23 de junho em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

– Homem, 72 de anos, que não tinha outras doenças. Morreu no dia 24 de junho em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

– Homem, de 77 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 23 de junho em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

    Veja Também

      Mostrar mais