Ocupação das UTIs em Campinas continua alta.
Divulgação/Unicamp
Ocupação das UTIs em Campinas continua alta.


Campinas tem apenas um leito de UTI para Covid-19 disponível em unidades do Sistema Único de Saúde (SUS), nesta segunda-feira (29). De acordo com balanço divulgado pela Prefeitura, existe apenas um vaga disponível no SUS estadual, que tem 99% de ocupação com 75 leitos preenchidos de um total de 76.

Enquanto isso, o SUS municipal chega ao 17º dia seguido com lotação máxima. Ainda que a Prefeitura tenha feito algumas ampliações, todos os 139 leitos de UTI das unidades administradas pelo município estão ocupados por pacientes contaminados pelo novo coronavírus.

Leia também: Novo coronavírus já contaminou mais de 27 mil em Campinas, indica estudo

Na rede privada, a ocupação é menor, com taxa de 76%. São 158 vagas, no total, e 120 delas estão ocupadas. Com isso, a taxa de ocupação, na soma das redes pública e estadual, é de 89,54%.

Conforme o anunciado pelo prefeito Jonas Donizette (PSB) , em coletiva nesta segunda, a Câmara dos Deputados repassou R$ 2 milhões para criar dez leitos de UTI no hospital Ouro Verde , parte do SUS Municipal. Além disso, também no ouro verde, serão criados 38 leitos de retaguarda.

SUS Municipal: 139 leitos, todos ocupados;

SUS Estadual (AME + HC da Unicamp): 76 leitos, dos quais 75 estão ocupados, o que corresponde a 99%;

Rede privada:  158 leitos, dos quais 120 estão ocupados, o que equivale a 76%.

    Veja Também

      Mostrar mais