Campinas segue com UTIs para Covid-19 no limite.
Divulgação/Unicamp
Campinas segue com UTIs para Covid-19 no limite.


Campinas registrou, nesta terça-feira (07), 89.97% de ocupação nos 379 leitos de UTI exclusivos para pacientes com Covid-19 , na soma das redes pública e privada. A situação mudou pouco em relação à segunda-feira (06), quando a lotação era de 90,23%, com 37 leitos livres, uma vez que, hoje, o número subiu um único degrau, com 38 vagas disponíveis. 

O SUS municipal , que tem 145 leitos de UTI-Covid, está com 141 ocupados, um a menos do que ontem. A taxa é ocupação de 97%. Já o SUS estadual , formado pelo Ambulatório de Especialidades Médicas e pelo Hospital de Clínicas (HC) da Unicamp, tem 93% de ocupação, com 72 leitos ocupados de um total de 76. De segunda para terça, uma vaga foi preenchida.

Leia também: Prefeitura avisa que vai tentar reverter suspensão de missas e cultos

Enquanto isso, a rede privada de saúde tem 82% de suas UTIs exclusivas para Covid-19 ocupadas. De 158 leitos, 128 estão ocupados no momento, com uma liberação registrada nas últimas 24 horas, desde a divulgação do balanço anterior. 

Também nesta terça, Campinas ultrapassou a marca de 10 mil casos confirmados de Covid-19. Com 524 novos contaminados, o total é de 10.474. Já o númerdo de óbitos subiu para 384, com acréscimo de 11 mortes.

    Veja Também

      Mostrar mais