ACidade ON

Homicídio de motorista foi registrado Plantão da 2ª Seccional de Campinas.
Divulgação/SSP
Homicídio de motorista foi registrado Plantão da 2ª Seccional de Campinas.


Um homem de 25 anos e uma mulher de 19 anos foram presos na noite de ontem (6) após confessarem matar um motorista de aplicativo , em Campinas .

A vítima que foi identificada pelos autores, estava desaparecida desde o último dia 29 de junho . Segundo o Baep (Batalhão de Ações Especiais da Polícia Militar), o homem confessou o homicídio, que teria acontecido após uma discussão com o motorista . Segundo a polícia, foi descartada a hipótese de latrocínio (roubo seguido de morte). 

Leia também: Incêndio em casa paroquial mata restaurador de arte de 83 anos

O acusado indicou o local onde desovou o corpo, que foi encontrado carbonizado . Uma perícia ainda deve ser feita para tentar o reconhecimento do motorista.  O carro da vítima foi encontrado queimado em uma estrada no bairro Jardim Novo Sol, próximo ao cemitério Parque das Flores. 

Abordagem e confissão

Segundo o Baep, equipes chegaram até o suspeito, que foi localizado no bairro São Judas Tadeu, após uma denúncia receptação de um maquinário de churros roubado, que teria sido subtraído de uma Fiorino. A equipe que investigava o desaparecimento do motorista suspeitou e interrogou o homem, que confessou ter matado a vítima.  

Com a confissão do companheiro, a mulher também confirmou a participação no crime . Eles apontaram haviam enterrado o corpo carbonizado e indicaram o envolvimento de mais dois suspeitos que são procurados.  

O caso foi registrado como homicídio e ocultação de cadáver no Plantão da 2ª Seccional de Campinas. 

    Veja Também

      Mostrar mais