Campinas segue com UTI para Covid-19 no limite.
Divulgação/Unicamp
Campinas segue com ocupação de UTIs para Covid-19 no limite.


Campinas registrou, nesta segunda-feira (13), 88,05% de ocupação em leitos de UTI exclusivos para para pacientes com Covid-19 , na soma das unidades do Sistema Único de Saúde (SUS) e da rede privada de hospitais. A cidade tem 410 dez leitos UTI-Covid, dos quais 361 estão ocupados, portanto 49 estão livres.

Mesmo com a ampliação de leitos no Hospital do Ouro Verde, concretizada durante a semana passada, o SUS municipal continua sobrecarregado, com 150 leitos ocupados do total de 155, o que corresponde a 96,77% de ocupação. 

Leia também: Colegas fazem homenagem a técnico de enfermagem morto por Covid-19

“Nós temos, hoje, um momento de maior tranquilidade nos leitos de enfermaria, menor de menor complexidade. Nos de maior complexidade (UTI) ainda estamos tendo uma grande pressão, não só pelo aumento de pacientes, mas porque quem está na terapia intensiva demora mais tempo para ter alta”, explica Marcos Pimenta, presidente da Rede Mário Gatti.

No SUS estadual , que conta com 94 leitos distribúidos entre AME e HC da Unicamp, a taxa de ocupação é de 84.95%, com 14 vagas livres e 79 preenchidas. Já na rede privada há 81,48% de ocupação em 162 leitos (132 ocupados e 30 livres.

    Veja Também

      Mostrar mais