Ruas de Campinas são desinfectadas para minimizar riscos do coronavírus.
Carlos Bassan
Ruas de Campinas são desinfectadas para minimizar riscos do coronavírus.


Campinas registrou, entre quarta (15) e quinta-feira (16), mais 457 contaminados pelo novo coronavírus e cehgou ao total de 12.884 casos confirmados. Enquanto isso, o número de mortes por Covid-19, doença causada pelo vírus, subiu para 516, com o acréscimo de 13 novas vítimas. 

Entre as pessoas que morreram, 11 eram homens e duas eram mulheres. Duas pessoas não tinham outras doenças, uma delas era um homem de 36 anos, que morreu no dia 12 de julho, em um hospital público. O restante tinha mais de 60 anos.

Leia também: Aposentado é a 200ª alta de Covid-19 em hospital de Campinas

Confira os números divulgados nesta quinta-feira (16):

- 516 óbitos (13 novos)
- 29 óbitos em investigação (1 novo)
- 12.884 casos confirmados (457 novos)
- 695 casos em investigação (28 novos)
- 21.500 casos descartados (593)
- 10.833 pessoas recuperadas (412 novas)
- 417 internadas (13 a menos)
- 1.118 em isolamento domiciliar (39 novas)

Vejas os detalhes sobre as vítimas:

– Homem, de 65 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 14 de julho em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

– Mulher, de 81 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 5 de julho em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

– Homem, de 60 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 15 de julho em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

– Homem, de 71 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 13 de julho em hospital privado. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

– Homem, de 88 anos, que não tinha outras doenças. Morreu no dia 6 de julho em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

– Homem, de 83 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 7 de julho em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

– Homem, de 71 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 14 de julho em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

– Homem, de 64 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 15 de julho em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

– Homem, de 82 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 13 de julho em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

– Homem, de 90 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 14 de julho em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

– Homem, de 79 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 14 de julho em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

– Mulher, de 75 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 14 de julho em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

– Homem, de 36 anos, que não tinha outras doenças. Morreu no dia 12 de julho em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

    Veja Também

      Mostrar mais