Campinas segue com UTI para Covid-19 acima de 80%.
Divulgação/Unicamp
Campinas segue com UTI para Covid-19 acima de 80%.


Campinas registrou, nesta quinta-feira (23), ocupação de 84,35% em leitos de UTI exclusivos para pacientes com Covid-19 , na soma das redes pública e privada de Saúde. A metrópole conta com 409 leitos, dos quais 345 estão ocupados e outros 64 estão livres. Na quarta-feira (22), a taxa era de 85,33%.

Apesar da redução na porcentagem gerla, houve aumento no número de leitos preenchidos no SUS municipal , que tinha 139 pacientes em UTI-Covid até ontem, mas agora tem 144, com 11 leitos livres de um total de 155. Diante deste cenário, a ocupação é de 92,90%.

Leia também: Manifestantes pedem reabertura de bares, restaurantes, hotéis e salões

O SUS estadual , que tem 93 leitos distribuídos entre o Ambulatório Médico de Especialidades (AME) e o Hospital de Clínicas (HC) da UNicamp, tem 87,10% das vagas ocupadas, com 81 internados e 12 leitos livres, um a mais do que o registrado no boletim de quarta.

Assim como de costume, o menor número de ocupação é das unidades da rede privada , que tem 61 leitos de UTI para tratar pessoas com Covid-19; 120 estão ocupados, o que equivale a 74,53%. Há 41 leitos livres.

    Veja Também

      Mostrar mais