Prefeitura não vai multar pessoas circulando sem máscara.
Carlos Bassan / Pref. de Campinas
Prefeitura não vai multar pessoas circulando sem máscara.


Após cogitar a utilização de multa financeira para quem for flagrado sem máscara nas ruas de Campinas, o prefeito Jonas Donizette (PSB) decidiu manter o procedimento da chamada multa moral, que consiste apenas em advertência e conscientização. Existe, no entanto, uma novidade: os pedestres sem máscara terão que assistir um vídeo "chocante" sobre a Covid-19 .

De acordo com Jonas Donizette, a ideia parte do mesmo princípio aplicado aos maços de cigarro, que são estampados com imagens explícitas dos males causados pelo consumo do produto. O vídeo preparado para conscientização a respeito do coronavírus trará imagens de pessoas que sofreram com a doença.

Leia também: Manifestantes que pediram reabertura devem receber multa, avisa prefeito

"Vamos apelar mesmo para a consciência. Quero acreditar que, sim, as pessoas podem se conscientizar. Vou tentar explicar um pouco: é igual maço de cigarro. Tem aquelas fotos em maço de cigarro. A pessoa para de fumar por causa disso? Não sei, mas está lá, tem o aviso. Eu quero que as pessoas vejam os vídeos que nós fizemos, tem um de 30 segundos e um de um minuto. Eles são chocantes, de pessoas com Covid, pessoas que tiveram a doença", explicou.

A tendência é que, a partir de segunda-feira (27), a circulação de pessoas nas ruas da metróple aumentem. Isso porque a região de Campinas avançou à fase laranja do Plano São Paulo e setores como shoppings e comércios de rua poderão voltar a funcionar.

A Rua 13 de Maio, na região central da cidade, terá barreiras sanitária para controlar o fluxo. Quando Campinas esteve na fase laranja pela primeira vez, em maio, o local foi tomado por aglomerações. 

    Veja Também

      Mostrar mais