Campinas registrou nova redução na ocupação de UTIs-Covid.
Divulgação/Unicamp
Campinas registrou nova redução na ocupação de UTIs-Covid.


Após registrar 81,42% de ocupação em leitos de UTI exclusivos para Covid-19 na segunda-feira (03), Campinas teve uma queda brusca nos marcadores e chegou a 76,64% nesta terça (04). De um total de 411 leitos deste tipo distribuídos entre as redes pública e privada de saúde, 315 estão ocupados e 96 estão livres.

A taxa registrada nesta terça-feira é a menor desde o dia 29 de maio, quando a ocupação era de 75,42%. Durante a quinta-feira da semana passada (30), a taxa ficou abaixo de 80% pela primeira vez desde o dia 30 de maio, mas voltou a ficar acima, até a queda de hoje.

Leia também: Campinas confirma mais 448 contaminados e 20 mortes

Veja como está a ocupação:

SUS Municipal: 150 leitos, dos quais 117 estão ocupados, o que equivale a 78%. Há 33 leitos livres. Cinco leitos do Hospital Mário Gatti estão bloqueados para regulação por conta da necessidade de isolamento de pacientes.

SUS Estadual (AME + HC da Unicamp): 93 leitos, dos quais 79 estão ocupados, o que corresponde a 84,95%. Há 14 leitos livres.

Particular: 168 leitos, dos quais 119 estão ocupados, o que equivale a 70,83%. Há 49 leitos livres.

    Veja Também

      Mostrar mais