Atendente mede a temperatura de consumidor na Rua 13 de maio
Gilson Machado
Atendente mede a temperatura de consumidor na Rua 13 de maio


A Prefeitura de Campinas publicou hoje (8) uma edição extra do Diário Oficial com o decreto contendo as regras para o funcionamento das atividades econômicas durante a fase amarela do Plano São Paulo de flexibilização da quarentena de combate ao coronavírus. 

Ontem, a cidade foi reclassificada pelo Estado na fase menos restritiva com a permissão do funcionamento de bares, restaurantes, academias, salões de beleza e barbearias . O comércio também teve o horário e a capacidade de atendimento ampliados para seis horas diárias e 40% de ocupação. 

Leia também: Reabertura de parques é prevista para o outro final de semana

Com a mudança de fase, as lojas de rua passaram a funcionar seis horas por dia, das 10h às 16h, de segunda a sexta-feira, e das 9h às 15h, aos fins de semana e feriados. Já os shoppings, também passam a funcionar por seis horas e foram divididos em dois grupos de horários. No primeiro grupo ficou definido o funcionamento, todos os dias, das 12h às 18h, nos shoppings Iguatemi, Galleria, Unimart, Spazio Ouro Verde, Jaraguá e Prado Boulevard; e no outro grupo com o funcionamento das 15h às 21h (exceto aos domingos, que também será das 12h às 18h) os shoppings Parque D. Pedro, Parque das Bandeiras e Campinas Shopping. 

Já os estabelecimentos como bares, restaurantes, padarias e pizzarias poderão voltar a receber o público, mas com capacidade de 40% e funcionamento por seis horas diárias, no horário que deve ser escolhido por eles, entre o período das 6h às 17h. O período, no entanto, não precisa ser corrido, podendo ser "fatiado" de acordo com a preferência do estabelecimento. A data de reabertura antecede o Dia dos Pais, comemorado neste domingo (9). 

Seguindo as regras, o funcionamento noturno passa a ser permitido apenas para os estabelecimentos dentro de alguns shoppings, que seguem o horário definido pelos centros de compra.

A Prefeitura também fez uma cartilha do Programa Volta Responsável com ações de segurança que devem ser seguidas pelas atividades.

Academias e salões de beleza

Além disso, ontem a Administração publicou regras sanitárias específicas para academias e salões de beleza. O funcionamento por seis horas diárias e 40% da capacidade também se aplica aos salões de beleza.

Para as academias, a capacidade autorizada é de 30%, também durante seis horas por dia, com agendamento prévio e hora marcada. Aulas em grupo continuam suspensas, mas as aulas podem ocorrer de maneira individual. O atendimento deve ser individual  

    Veja Também

      Mostrar mais