Rafa Zimbaldi foi entrevistado pelo portal iG nesta sexta-feira (14).
ig
Rafa Zimbaldi foi entrevistado pelo portal iG nesta sexta-feira (14).


O Portal iG entrevistou nesta sexta-feira (14) o deputado estadual Rafa Zimbaldi (PL), em mais um episódio da série de entrevistas com pré-candidatos à Prefeitura de Campinas, como parte da cobertura especial das eleições municipais deste ano. A conversa foi conduzida pelos jornalistas Aloy Jupiara, Bruno Accorsi e Ricardo Galuppo.

A entrevista pode ser vista na página do  Facebook e no  canal do Youtube do iG.

Rafael Zimbaldi era filiado ao PSB, partido do prefeito Jonas Donizette, até abril, mas trocou a sigla pelo PL após disputas internas. Com passagens também por PTB e PP, Zimbaldi foi eleito vereador em Campinas aos 23 anos, em 2004, e conseguiu três reeleições consecutivas. O último mandato foi interrompido quando ele ganhou uma cadeira na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), com 80.789 votos nas eleições de 2018, cerca de 50 mil deles em Campinas.

Leia também: Wandão quer desburocratização no mercado imobiliário

Saúde

Durante a entrevista, Zimbaldi disse que, hoje, falta “comunicação” entre a Secretária de Saúde, que administra as unidades básicas de saúde, e a Rede Mário Gatti, responsável pela gestão dos hospitais e prontos-socorros. Ele propõe, ainda, uma parceria com hospitais filantrópicos.

“Nós temos outro lado muito importante da saúde pública que são os hospitais filantrópicos: Santa Casa, Maternidade, Hospital da PUC, Boldrini, Sobrapar .E essa saúde não se comunica, existe uma resistência da administração em fazer parcerias com os hospitais filantrópicos. Nós precisamos reestruturar a rede de saúde. Os hospitais não são concorrentes, não é porque um produz mais que o outro que ele precisa ter uma atenção diferenciada”, disse.

Transporte e economia

O deputado também falou que percebe uma necessidade de propor soluções que integrem cidades da região metropolitana de Campinas (RMC). Além de uma ação conjunta na área de incentivo para empresas, ele sugere a criação de um trem intercidades.

“Temos que começar a discutir outras possibilidades de transporte. Na Assembleia Legislativa tratamos muito do trem intercidades, que é uma nova modalidade, e é o que precisamos em Campinas. A cidade precisa buscar outras modalidades, dando atendimento de qualidade”, avaliou.

Rafa Zimbaldi também pretende fomentar o desenvolvimento no distrito industrial, que abrange Ouro Verde e Campo Grange. “Precisamos desenvolver o distrito justamente pela logística de estar ao lado do aeroporto de Viracopos, o maior aeroporto de cargas do país. O distrito industrial precisa de uma boa lei de incentivo”, comentou.

“Como autor dos dois projetos de leis que criaram os distritos do Ouro Verde e do Campo Grande, a ideia é fazer a descentralização dos serviços públicos, oferecendo emprego e renda para as pessoas que moram na região. Precisamos de incentivo, não podemos perder empresas, como perdemos para Indaiatuba, por questão de incentivo fiscal”, completou.

    Veja Também

      Mostrar mais