ACidade ON

Campinas continua com ocupação das UTIs na casa dos 70%.
Divulgação/Unicamp
Campinas continua com ocupação das UTIs na casa dos 70%.


A taxa de ocupação dos leitos de UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) exclusivos para o novo coronavírus voltou a cair nesta sexta-feira (21) em Campinas, após uma alta ontem. Apesar dessa alta, na semana o índice havia caído por quatro vezes consecutivas. 

Hoje, 72,59% dos leitos complexos para pacientes com complicações da covid-19 estão ocupados. Ontem, a taxa era de 73,27%. Apesar da queda, houve uma redução de 10 leitos na rede privada, de acordo com a Administração.

Leia também: Total de casos é quase 2 vezes maior que número oficial, aponta estudo

No total, Campinas tem hoje 394 leitos de UTI exclusivos para pacientes com covid-19 nas redes pública e particular. Deste total, 286 estão ocupados. Há 108 leitos livres somando as redes pública e particular.

Distribuição

A maior ocupação nesta sexta é no SUS Municipal , com 79,87% dos leitos ocupados. São 154 no total, dos quais 123 estão ocupados. Há 31 leitos livres. Nesta sexta, 1 leito do Hospital Mário Gatti continua bloqueado para regulação por conta da necessidade de isolamento de paciente.

No AME (Ambulatório Médico de Especialidades) e HC (Hospital de Clínicas) da Unicamp, equipamentos do SUS Estadual, a taxa é de 75,27%. São 93 leitos, dos quais 70 estão ocupados. Há 23 leitos vagos.

Na rede particular , a situação é um pouco melhor, com ocupação de 63,27% dos leitos. São 147 unidades, das quais 93 estão ocupados. Há 54 leitos livres. Ainda nesta sexta, Campinas registra 937 vítimas fatais, e o total de 25.503 pessoas infectadas pela doença.

    Veja Também

      Mostrar mais