Campinas tem quase 30 mil casos confirmados.
Carlos Bassan / Pref. de Campinas
Campinas tem quase 30 mil casos confirmados.


Campinas confirmou, em transmissão ao vivo comandada pelo prefeito Jonas Donizette (PSB), nesta quarta-feira (09), mais 23 vítimas fatais da Covid-19. Com isso, o número de mortes sobe para 1.098. O boletim também registrou mais 94 contaminados pelo novo coronavírus, o que eleva para 29.627 o total de casos confirmados, com 28.015 recuperados.

Entre as mortes confirmadas, oito eram mulheres e 15 eram homens. Dezesseis pessoas tinham doenças preexistentes. Do total de vítimas, 15 eram maiores de 60 anos e outras sete estavam na faixa entre 50 e 59. A vítima mais jovem é uma mulher de 38 anos, que tinha outras doenças.

Leia também: Emdec diz que trecho onde motociclista morreu estava bem sinalizado

Dois óbitos divulgados hoje foram registrados após processo de revisão, de acordo com novos critérios de avaliação, por meio de exame clínico: um homem de 65 anos, morto no dia 30 de junho, e um homem de 55 anos, morto no dia 21 de julho.

Veja os números divulgados nesta quarta-feira (09):

- 1.098 (23 novos)
- 15 óbitos em investigação (1 novo)
- 29.627 casos confirmados (94 novos)
- 590 em investigação (13 novos)
- 58.069 descartados (231 novos)
- 28.015 recuperadas (33 novos)
- 306 internadas (15 novos)
- 208 em isolamento domiciliar (53 a mais)

Veja os dados sobre as novas vítimas confirmadas:         

- Homem, de 71 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 5 de setembro em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

- Homem, de 73 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 6 de setembro em hospital privado. O exame foi feito laboratório privado.

- Mulher, de 55 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 4 de setembro em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

- Mulher, de 55 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 8 de setembro em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

- Homem, de 65 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 5 de setembro em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

- Homem, de 87 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 7 de setembro em hospital público. O exame foi feito em laboratório privado.

- Homem, de 58 anos, que não tinha outras doenças. Morreu no dia 7 de setembro em hospital público. O exame foi feito em laboratório privado.

- Homem, de 84 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 5 de setembro em hospital privado. O exame foi feito laboratório privado.

- Homem, de 76 anos, que não tinha outras doenças. Morreu no dia 7 de setembro em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

- Homem, de 55 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 8 de setembro em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

- Homem, de 70 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 5 de setembro em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

- Mulher, de 38 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 5 de setembro em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

- Homem, de 65 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 5 de setembro em hospital privado. O exame foi feito laboratório privado.

- Homem, de 65 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 30 de junho em hospital público. O exame foi clínico e por tomografia.

-Homem, de 59 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 6 de setembro em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

- Homem, de 53 anos, que não tinha outras doenças. Morreu no dia 5 de setembro em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

- Mulher, de 93 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 8 de setembro em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

- Mulher, de 69 anos, que não tinha outras doenças. Morreu no dia 7 de setembro em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

- Homem, de 88 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 4 de setembro em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

- Mulher, de 62 anos, que não tinha outras doenças. Morreu no dia 7 de setembro em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

- Mulher, de 72 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 5 de setembro em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

- Mulher, de 79 anos, que não tinha outras doenças. Morreu no dia 4 de setembro em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

- Homem, de 55 anos, que não tinha outras doenças. Morreu no dia 21 de julho em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

    Veja Também

      Mostrar mais