ACidade ON

Taxa de ocupação em UTIs-Covid aumentou em Campinas.
Divulgação/Prefeitura de Campinas
Taxa de ocupação em UTIs-Covid aumentou em Campinas.

Campinas diminuiu a quantidade de leitos de UTI exclusivos para Covid-19 nesta quarta-feira (16), o que fez aumentar a taxa de ocupação (Unidade de Tratamento Intensivo) na cidade para 65,44%. Ontem, o índice era de 64,92%. 

O número total de leitos para pacientes graves de covid-19 caiu de 305 ontem para 298. A maior parte foi no SUS municipal, que teve diminuição de dez leitos. Já na rede particular, houve acréscimo de três unidades complexas com respiradores. 

Leia também: Aulas na rede municipal não voltam este ano, exceto 5º e 9º anos

Além disso, Campinas chegou hoje a 31 mil casos confirmados de covid-19, além de um total de 1.150 óbitos pela nova doença. Veja o boletim epidemiológico completo.

Sobre a ocupação de hoje, dos 298 leitos de UTI exclusivos para pacientes com covid-19 nas redes pública e particular, 195 estão ocupados. Há 103 leitos livres somando as redes pública e particular. 

Os leitos estão divididos da seguinte forma: 

SUS Municipal: 131 leitos, dos quais 94 estão ocupados, o que equivale a 71,75%. Há 37 leitos livres. 

SUS Estadual (AME + HC da Unicamp): 63 leitos, dos quais 35 estão ocupados, o que corresponde a 55,55%. Há 28 leitos vagos. 

Particular: 104 leitos, dos quais 66 estão ocupados, o que equivale a 63,46%. Há 38 leitos livres

    Veja Também

      Mostrar mais