Campinas registrou quase 3.880 casos de dengue desde janeiro.
Divulgação/Prefeitura de Campinas
Campinas registrou quase 3.880 casos de dengue desde janeiro.


Campinas registrou, entre 1º de janeiro e 18 de setembro deste ano, 3.880 casos de dengue, de acordo com balanço divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde nesta terça-feira (22). A única morte causada pela doença em 2020 foi registrada em abril.

A região com mais casos é a Noroeste, com 1.070, seguida pela Sudoseste, que tem 1.057. Na sequência está a região Norte, com 931; a Leste, com 489; e a Sul, com 333 confirmações.

Leia também: Com mais 13 vítimas fatais, Campinas tem 1.196 mortes

No balanço anterior, divulgado em agosto, o município tinha 3.854 casos registrados, portanto houve uma alta de 0,6%, com o acréscimo de 26 casos. Com a atualização, Campinas tem uma média de 14,8 casos de dengue por dia.

Para acabar com a proliferação do mosquito é preciso evitar acúmulo de água e remover latas, pneus e outros objetos. Os vasos de plantas devem ter a água trocada a cada dois dias. É importante, também, vedar a caixa d’água. Os vasos sanitários que não estão sendo usados devem ficar fechados.

    Veja Também

      Mostrar mais