Vestibular da Unicamp será em janeiro de 2021.
Antoninho Perri/Unicamp
Vestibular da Unicamp será em janeiro de 2021.


O número de alunos de escola pública inscritos para o Vestibular 2021 da Unicamp é o maior já registrado pela organização do exame. De acordo com informações divulgadas pela universidade nesta sexta-feira (25), 34,2% de um total de 77.653 candidatos são estudantes da rede pública de ensino. No ano passado, essa taxa foi de 32,2%.

Houve aumento também no número de candidatos isentos , com uma escalada de 10,1% no Vestibular 2020 para 14,1% na edição atual. O crescimento, quando considerados os números absolutos, é de 48%, uma vez a quantidade de beneficiados subiu de 7.380 para 10.925.

Leia também: Educação corta arroz da cesta entregue a alunos da rede municipal

“Fizemos um imenso trabalho de diálogo com estudantes e escolas, em nossas redes sociais e dezenas de lives para manter o engajamento dos estudantes, para que eles compreendessem que valeria a pena se inscrever e buscar sua vaga numa universidade pública como a Unicamp”, afirmou José Alves de Freitas Neto, direto da Comissão Permanente para os Vestibulares (Comvest)

Os demais índices de inclusão social mantiveram níveis estáveis. A inscrição de pretos e pardos, que teve taxa de 21,3% no vestibular passado, foi para 21%. Já o percentual de cotas étnico-raciais subiu de 11% para 12%.

Vestibular 2021

A Comvest disponibilizou, em sua  página eletrônica, a tabela com a relação candidatos-vaga por curso, bem como o total de inscritos por cidade de prova. Os locais de prova da primeira fase serão divulgados pela Comvest no dia 11 de dezembro.

Para reduzir o número de estudantes circulando e evitar aglomeração nas escolas, por causa da pandemia de Covid-19, a primeira fase será aplicada em dois dias: 6 e 7 de janeiro de 2021.

O dia de realização da primeira fase, para cada candidato, depende do curso escolhido: candidatos aos cursos do segmento de Ciências Humanas/Artes e de Exatas/Tecnológicas farão a prova no dia 6 de janeiro, uma quarta-feira. Já os candidatos da área de Ciências Biológicas/Saúde farão a prova no dia seguinte, ou seja, 7 de janeiro, uma quinta-feira.

Além da aplicação da primeira fase em dois dias, as questões da prova serão reduzidas de 90 para 72 e o tempo máximo para sua realização diminuirá de cinco para quatro horas.

    Veja Também

      Mostrar mais